20 November 2012

O PRIMEIRO EVANGELHO - THE FIRST GOSPEL


primeiro-evangelho

Todos os ensinamentos de Jesus foram repassados oralmente, e Ele não deixou sequer uma palavra escrita instruindo a Igreja primitiva neste ponto. Quando a Igreja primitiva teve seu início, o único guia Cristão que tinha era a palavra falada. De fato, o Novo Testamento que conhecemos hoje não se completou até quase terminar o primeiro século. Por esta razão, a Igreja do primeiro século tinha que depender principalmente dos ensinamentos orais dos Apóstolos.

Devemos supor que o Apóstolo Paulo, evangelista e pregador incansável, ensinou muito mais às Igrejas do que as 13 ou 14 breves cartas que temos em nosso Novo Testamento. Claro que ensinou! Paulo exortou os tessalonicenses: "Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa". Paulo desejava que os Cristãos seguissem seus ensinamentos orais tanto como os escritos.

Será que Pedro nunca escreveu nada mais do que umas sete páginas? E os Apóstolos André, Tiago, Felipe, Bartolomeu, Tomé, Tiago, Simão e Tadeu? Será eles não tinham nada para compartilhar com a Igreja primitiva? Sim! Eles eram os homens que o próprio Jesus tinha escolhido.

Estavam com Ele por três anos, um grupo de discípulos íntimos que escutaram os Ensinamentos de Jesus. Segundo o depoimento da Igreja primitiva, todos os Apóstolos dedicaram suas vidas à pregação dos Evangelhos, ensinando constantemente por todos os lugares. Não concluam, baseados nestas premissas, que existam outras doutrinas, outros mandamentos morais ou outras revelações que os primeiros Cristãos tenham recebido oralmente. De forma alguma!

primeiro-evangelho

Os escritos dos primeiros Cristãos são uma evidência ampla de que não havia nenhuma outra doutrina, a não ser as que temos escritas no Novo Testamento. Este contém todas as doutrinas e todos os mandamentos morais necessários para a vida Cristã.

A autenticidade do Novo Testamento tem seu fundamento na integridade dos primeiros Cristãos. Afinal de contas, os líderes da Igreja primitiva reuniram, preservaram e provaram a autenticidade dos escritos que nós agora chamamos de Novo Testamento.

Atualmente, alguns Cristãos creem equivocadamente que os Apóstolos, antes de morrer, reuniram seus escritos e os entregaram à Igreja num livro completo. Aqui está o Novo Testamento, e com isto não lhes falta nada! Aqui esta a revelação de Deus! Mas não foi assim, pois as diferentes cartas e livros escritos pelos Apóstolos não foram reunidos todos por uma só Igreja, num só livro.

Umas Igrejas reuniram uns, outras Igrejas, outros. Os Apóstolos nunca deixaram explícito às Igrejas quais escritos aceitar e quais eliminar. Os primeiros Cristãos tinham que decidir por eles mesmos quais escritos foram legitimados pelos Apóstolos e quais não o foram. E isso não era tão fácil.

JESUS CRISTO NÃO ERA JUDEU


0 comentários:

Post a Comment