13 February 2013

A ASCENSÃO DE PEDRO, O ROMANO - THE RISE OF PETER, THE ROMAN - THE DARK POPE


Peter-the-roman

Um Papa foi atacado e quase morreu, o seguinte não perdurou no cargo e o último Papa será a ferramenta do anticristo. O Vaticano já foi infiltrado, "contaminado" e também já é uma ferramenta nas mãos do anticristo, indiretamente apoiando seus objetivos, embora não esteja consciente do fato.

Os dois últimos Papas da Igreja Católica tiveram tempos difíceis em seus pontificados, os quais foram dignamente exercidos como verdadeiros representantes de Jesus Cristo.

João Paulo II sofreu um atentado e Bento XVI foi "engolido" pelos esquemas do anticristo e renunciou. Este Papa desejava a paz mundial e estava lutando contra poderes de facções estabelecidas dentro da Igreja Romana.

Interesses pessoais e a luta pelo poder e riqueza, fizeram com que cardeais aconselhassem equivocada e propositalmente o Papa Bento XVI, de forma a colocá-lo em situação perigosa da qual não estava ciente, o que resultou no seu afastamento obrigatório do cargo.

Sua preocupação com a condição espiritual da humanidade o levou a concluir arranjos e estabelecer acordos com traidores que causaram a sua queda e afastamento do pontificado.

O Papa Bento XVI não se submeteu aos esquemas comandados pelo anticristo. Devido a esta situação peculiar, a abdicação do Papa, foi aberto o caminho para que o último Papa seja eleito, o qual se tornará o títere do anticristo no Vaticano.

A renúncia de Bento XVI permitirá ao anticristo instalar sua "ferramenta maior" na Igreja. Pedro "o Romano", The Dark Pope, será o 112º e último Papa da Igreja Católica Apostólica Romana. Sua alcunha "Pedro" será um escárnio para a religião e o fechamento de um ciclo papal iniciado com o nosso 1º e verdadeiro Papa, o Apóstolo São Pedro, o fundador da Igreja Cristã.

Seu pontificado será um presságio da queda final da Igreja, e sua escolha como o representante de Jesus na Terra trará sublevações em Roma e no mundo inteiro.

Peter-the-roman

Antes que o anticristo chegue a deter poderes totais no mundo, parecerá que outros líderes ainda estão acima dele e no controle da estrutura do poder. Na realidade, o anticristo os está utilizando para alcançar sua conquista de poder mundial.

Por exemplo: no período que culminou com a recente renúncia de Bento XVI, o anticristo teve ajuda de cardeais traidores no Vaticano, que  espionaram e "apunhalaram" o Papa pelas costas. Um dos cardeais roubou informações e alterou sua correspondência pessoal, fazendo com que esta apresentasse diferentes conotações.

Isto agravou uma situação tornando-a pior do que seria na realidade e fazendo com que o Papa agisse de forma inapropriada, encurralando-o e obrigando-o a renunciar ao pontificado. Assim, a população ficou propensa a avaliar Bento XVI como incompetente e sem autoridade.

O cardeal traidor terá sérios problemas futuros por sua traição. As óbvias dissensões causadas pelo episódio à Igreja a princípio não o afetarão, pois ele é um aliado do anticristo e racionalizará a dimensão da "punhalada" que deu no Papa, culminando com a sua destronação.

Mas o anticristo usará o traidor por um tempo, enquanto ajudar no seu caminho, e depois ele será simplesmente eliminado, por não ter uso futuro. A ruína chegará à Igreja Católica devido à ambição de seus líderes por poder ilegítimo. Estes se vangloriarão e pensarão que podem manejar tudo o que desejam, e isto causará sua queda.

Pedro-romano

O 112º Papa será eleito logo após a renúncia do seu predecessor. Pedro, o Romano (The Dark Pope), será apenas outra ferramenta para o anticristo chegar às vias de fato na destruição da Igreja Católica.

Este novo Papa provavelmente será de compleição "castanha" e haverá um ar de mistério em torno da sua pessoa. Ele apresentará um defeito físico qualquer, um defeito congênito oculto. No passado, sua mente foi torturada por carregar esta deformidade e pela crueldade e indiferença das pessoas para com os que são diferentes.

Ele entrou para a Igreja ainda jovem, devido ao desespero e amargura de saber que nunca conseguiria ser amado por uma mulher. Seus pais estiveram envolvidos com o movimento fascista e seus colegas de escola o aborreciam com apelidos e zombarias cruéis.

Este Papa poderia ser alguém gentil se não fossem suas experiências juvenis envolvendo sua deformidade, mas foi levado à crueldade pela dor e "devolverá" ao mundo o sofrimento que padeceu quando jovem.

Esta será uma fraqueza que o anticristo explorará espertamente. Este Papa vai querer mostrar aos seus inimigos que é poderoso, sendo tomado por orgulho fútil.

Depois que chegar ao poder desejado, será indiretamente responsável pela matança de pessoas inocentes por causa de seu alinhamento com o anticristo. Ele próprio não matará ninguém, mas abrirá vias para que o anticristo o faça.

Este Papa parecerá gentil na superfície porque é vantajoso para ele que o percebam desta forma, mas o lado sinistro de sua personalidade está profundamente enraizado e se revelará no futuro.

Pedro-romano

O último Papa, aquele nascido com defeito, percorrerá um curto caminho e será co-responsável pela destruição da Igreja como a conhecemos. Sua traição acelerará também sua morte e será o sinal do fim da Igreja Católica.

Este Papa trairá sua Igreja ao revelar para o anticristo informações extremamente cruciais, as quais ele jamais poderia obter mesmo com seus espiões dentro do Vaticano.

Vários Cristãos se tornarão alienados e desiludidos com esta luta pelo poder, não mais apoiando a Igreja. Sua esfera de influência diminuirá consideravelmente.

Algumas edificações no Vaticano, em Roma, serão destruídas num "acidente natural", como se afundassem. Isto coincidirá com eventos no Oriente Médio e as pessoas conectarão os dois fatos que, na realidade, são uma coincidência. Entretanto os muçulmanos vão rapidamente tirar vantagem da situação.

As restrições materiais no Vaticano farão com que a Igreja se fragmente. Eles poderão se reagrupar mas nunca se recuperarão da queda física e espiritual. Esta queda vai revelar porque a Igreja entrou em colapso depois de tantos séculos.

O "acidente natural" no Vaticano, será causado por seres humanos utilizando armas escalares, e vai envolver o oceano e uma força de grande energia vinda do céu, "dissolvendo" a paisagem. Será considerado um desastre natural, porque teoricamente estaria além da capacidade humana produzir tal força. Ninguém encontrará a causa, então será rotulado como "ato da natureza".

Durante o período em que o anticristo exercer seu domínio, o último Papa, "The Dark Pope", será assassinado quando sair para uma viagem fora de Roma. Os cardeais mais próximos ao Papa, percebendo o perigo, se refugiarão no Vaticano tentando se proteger.

O Papa, vários de seus sacerdotes e auxiliares serão assassinados no final da primavera, quando as rosas florescem, numa cidade européia onde há a junção de dois grandes rios. Será assassinado pouco antes do aparecimento de um cometa, que será claramente visível no céu do Hemisfério Norte. Estes acontecimentos serão o prenúncio da era das tribulações e da vinda do Juízo Final.


0 comentários:

Post a Comment