26 March 2013

A PROFECIA DO SALMO 83:1 - CÂNTICO DE ASAFE - PROPHECY PSALM 83:1 - ASAFE'S SONG - 2ª PARTE


Salmo-83

O Cântico de Asafe: "Ó Deus, não te emudeças, não fiques em silêncio nem te detenhas, ó Deus. Vê como se agitam os teus inimigos, como os teus adversários te desafiam de cabeça erguida. Com astúcia conspiram contra o teu povo, tramam contra aqueles que são o teu tesouro. Eles dizem...venham, vamos destruí-los como nação, para que o nome de Israel não seja mais lembrado.

Com um só propósito tramam juntos, é contra ti que fazem acordo as tendas de Edom e os Ismaelitas, Moabe e os Hagarenos, Gebal, Amom e Amaleque, a Filístia com os habitantes de Tiro. Até a Assíria aliou-se a eles, e trouxe força aos descendentes de Ló. Trata-os como trataste Midiã, como trataste Sísera e Jabim no rio Quisom, os quais morreram em En-Dor e se tornaram esterco para a terra.

Faze com os seus nobres o que fizeste com Orebe e Zeebe, e com todos os seus príncipes, o que fizeste com Zeba e Zalmuna, que disseram, vamos apossar-nos das pastagens de Deus. Faze-os como folhas secas levadas no redemoinho, ó meu Deus, como palha ao vento. Assim como o fogo consome a floresta e as chamas incendeiam os montes, persegue-os com o teu vendaval e aterroriza-os com a tua tempestade.

Cobre-lhes de vergonha o rosto até que busquem o teu nome, Senhor. Sejam eles humilhados e aterrorizados para sempre, pereçam em completa desgraça. Saibam eles que tu, cujo nome é Senhor, somente tu, és o Altíssimo sobre toda a Terra". (Salmo 83:1).

Salmo-83

Constatamos no Salmo 83:1 que a "Assíria aliou-se a eles, e trouxe força, ou ajuda, aos descendentes de Ló". Assíria poderia referir-se ao Iraque. No entanto, os Hagarenos é que simbolizam o Iraque. Assíria é usado no Israel das profecias para simbolizar a Rússia. Por exemplo, em Miqueias e Zacarias, a palavra grega para "ajuda" literalmente significa braço forte, e poderia simbolizar a ajuda militar.


Quando a Rússia disputava com os EUA, no passado, a supremacia mundial, forneceu às nações árabes equipamento militar. Assim os árabes poderiam derrotar Israel, o aliado dos EUA, deixando a Rússia como a força dominante no Oriente Médio e dona do seu petróleo.


No início de 1990, a Rússia, à beira da falência, não era mais uma potência mundial. Mas as economias mudaram e a Rússia mais uma vez aspira atingir a supremacia mundial. Atualmente a Rússia não está armando apenas o Irã. No cumprimento do Salmo 83, é mais uma vez o braço forte das nações árabes.


O Salmo 83:1 parece descrever um conflito permanente entre Israel e os árabes, que culminará em uma guerra final da qual Israel sairá vitorioso. Este Salmo é uma oração, um "canto", em que Israel pede ao Senhor a proteção contra um grupo de nações unidas em uma confederação, ou liga, com um único propósito, a destruição da nação de Israel.


Salmo-83

Após a morte de Maomé, em 633 d.C., os exércitos árabes invadiram além da Península Arábica, espalhando-se para o oeste e ocupando o norte da África. Foram em direção ao Oceano Atlântico e para o leste da Índia. Consequentemente, existem atualmente 52 países árabes. Além disso, existem nações muçulmanas, como a Turquia e o Irã, que têm uma grande minoria de árabes. Mas uma parte muito especial da Terra, no Oriente Médio, foi poupada da dominação árabe. A terra de Israel

Seu povo tinha sido rebelde, portanto, em 70 d.C. Deus permitiu que o exército romano temporariamente os desalojasse de suas terras, durante um período "duplo" de punição de 1845 anos. A terra de Israel deveria permanecer relativamente escassa de população, "desolado do homem e da besta", segundo Jeremias. A "dupla" punição terminou em 1878 e aos judeus foi permitido voltar à sua terra. Finalmente, o voto de partilha da ONU concedeu-lhes a oportunidade de estabelecerem um Estado independente em 1948.

Os árabes nunca tiveram direitos adquiridos. Como retaliação, os exércitos de seis países árabes invadiram o recém-nascido Estado de Israel. Em menor número, de 1 para 600, venceram esta guerra. Mais três guerras se seguiram e Israel ganhou todas. A perspectiva é que uma nova guerra gerará um impulso que levará a migrações em massa de israelenses. Isso significará o desmantelamento das comunidades dentro do coração histórico de Israel, Judeia e Samaria, comumente chamado de Cisjordânia.

A PROFECIA DO SALMO 83:1 - 3ª PARTE
A PROFECIA DO SALMO 83:1 - 1ª PARTE


0 comentários:

Post a Comment