17 June 2014

A CELEBRAÇÃO DE CORPUS CHRISTI - THE CELEBRATION OF CORPUS CHRISTI


CORPUS-CHRISTI

Os Cristãos celebram o dia de Corpus Christi exaltando o mistério da Eucaristia, ou seja, a Presença Real de Jesus Cristo na Terra. Diante do Santo Sacrário sempre podemos ter a certeza de que Jesus estará presente, atento às nossas preces e contemplando nosso amor por Deus.

Durante as festividades de Corpus Christi realiza-se a Santa Missa, isto é, a celebração da Eucaristia, que é o principal Rito Romano da Igreja Católica. Durante a Missa o celebrante consagra a Hóstia, que será apresentada aos fiéis para a devida adoração durante a procissão de Corpus Christi, a caminhada do povo de Deus celebrando a Presença do Cristo Vivo.

Em 1243, na Abadia de Cornillon em Liège, Bélgica, instaurou-se a celebração de Corpus Christi através do movimento Eucarístico, como também iniciou-se a exposição do Santíssimo Sacramento e o uso do címbalo na Santa Missa.

Foi nesta mesma época que a madre superiora do convento de Cornillon, a abadessa Julienne de Mont Cornillon, teve consecutivas visões de um astro similar à Lua, muito brilhante, mas que carregava um pequena marca escura. A interpretação da visão foi que o astro representava a Igreja, o brilho intenso indicava celebração e o sinal escuro revelava a falta da dedicação a Jesus.

Assim, Julienne prontamente levou suas interpretações ao conhecimento de Dom Roberto de Thorete, o Bispo de Liège, como também revelou-as a Dominico Hugh, o Cardeal dos Países Baixos e, principalmente, ao seu confidente Jacques Pantaleón, que nesta época era o Arquidiácono de Liège que, duas décadas mais tarde, seria eleito o sucessor do Papa Alexandre IV adotando o título de Urbano IV (1195-1264).

ORVIETO

Roberto de Thorete acreditou nas visões da abadessa de Cornillon e convocou um sínodo para estabelecer a realização da "festum corporis". No ano seguinte a primeira celebração de Corpus Christi ocorreu numa quinta-feira posterior à festa da Santíssima Trindade.


Em 1263, o Papa Urbano IV já tinha se estabelecido em Orvieto, na região da Umbria, Itália. Curiosamente, foi próximo a esta localidade que aconteceu o Milagre de Bolsena:


"Certa vez, quando um sacerdote celebrava a Santa Missa, foi acometido de sérias dúvidas quanto à veracidade da Consagração. Mas, no momento da elevação da hóstia constatou que dela escorria sangue, manchando o corporal, o tecido de linho onde apoia-se o cálice e a pátena. Arrependido e chorando, o padre prostrou-se aos pés do altar". Em 19 junho de 1264, os objetos tocados pelo sangue foram transportados para Orvieto.


Em 11 de agosto de 1264, quatro dias antes do seu falecimento, o Papa Urbano IV universalizou a celebração de Corpus Christi atendendo aos pedidos do clero e beneficiando toda a Cristandade. Foi através da Bula Papal "Transiturus de hoc mundo" que Urbano IV estabeleceu o sexagésimo dia após o domingo de Páscoa como a data oficial da festa de Corpus Christi.


São Tomás de Aquino contribuiu substancialmente para o texto litúrgico da nova festa, compondo os hinos "Tantum Ergo Sacramentum", entoado nas adorações ao Santíssimo Sacramento, e "Lauda Sion Salvatorem", cantado em coro por milhões de Católicos nas liturgias diárias em todo o mundo.


JESUS CRISTO NÃO ERA JUDEU

0 comentários:

Post a Comment