22 August 2012

ROTHSCHILDS - ILLUMINATI - 1ª PARTE


rothschild

O nome Rothschild origina-se do uso de um hexagrama vermelho ou estrela de seis pontas, que Mayer Amschel Bauer utilizou na frente de sua casa para identificá-lo, e então decidiu adotar o nome Rothschild (escudo vermelho) como sua marca. Mayer Amschel Rothschild iniciou a dinastia financeira em Frankfurt, no século XVII.

Os Rothschilds têm sido satanistas por muitas gerações, e são uma parte importante da história do selo de Salomão, também conhecido como estrela de seis pontas, Magen David ou Estrela de David, que não era um símbolo judaico antes dos Rothschilds começarem a usá-lo.

Durante a Idade Média o selo de Salomão tinha sido usado por árabes, magos, bruxas, cabalistas, druidas e satanistas. Os Rothschilds, que eram satanistas, adotaram este símbolo para seu brasão de armas em 1822, por sua magia poderosa.

A Estrela de David ou Selo de Salomão é um símbolo esotérico e apenas se tornou associada aos judeus após os Rothschilds adotarem-na para si. Ela não tem absolutamente nenhuma conexão com  "David" ou "Salomão", como as fontes históricas judaicas confirmam. Os Rothschilds sempre foram a verdadeira força por trás do Movimento Sionista. Sionismo é de fato o nome da sociedade secreta de elite por trás da linhagem Merovíngia, o Priorato de Sião (Priory of Sion).

rothschild

Ao contrário do entendimento da maioria das pessoas, Sionismo não é o povo judeu. Muitos judeus não são sionistas e muitos não-judeus são. Sionismo é um movimento político, não uma raça. Manipulando seus governos-marionetes para apoiar seu plano de um feudo pessoal no Oriente Médio, os Rothschilds iniciaram o processo de acomodar pessoas judias na Palestina.

Como sempre, eles trataram o povo judeu com desprezo. O Barão Edmond de Rothschild, o "Pai de Israel", que morreu em 1934, foi o homem que hospedou as delegações de "paz" de Versalhes.

Edmond era da casa francesa dos Rothschild. Edmond, de fato, começou a instalar judeus na Palestina desde a década de 1880, financiando judeus russos para estabelecerem-se na Palestina. Esta "ajuda" não tinha nada a ver com sua liberdade ou direito de nascença, e sim para avançar a agenda Rothschild-Illuminati.

A estrela de seis pontas se tornou um símbolo do moderno Estado de Israel por que a Casa de Rothschild, banqueiros internacionais, patrocinou a Primeira Conferência Sionista em 1898, e insistiu que a estrela de seis pontas fosse escolhida como o símbolo do moderno Israel. Quando isso ocorreu, Deus deu início ao processo de permitir que Israel voltasse à sua terra em um estado de descrença, exatamente conforme predito em Ezequiel 37:8.

Quando Deus profetizou que o povo de Israel sairia dos sepulcros das nações, estipulou que após eles se levantarem como uma nação novamente, não haveria espírito de vida neles. Como essa referência era obviamente ao Espírito Santo, os eruditos Bíblicos Cristãos sempre afirmaram que essa profecia indicava que Israel retornaria à sua terra no fim dos tempos, em um estado de descrença em Jesus Cristo.

Não somente esse cenário é exatamente o que ocorreu, mas Deus permitiu que a família Rothschild, de maçons luciferianos, fosse a grande força de liderança e financiadora do Movimento Sionista, que produziu o renascimento de Israel no dia 14 de maio de 1948. Esse ímpeto maçônico guiará Israel e o levará a aceitar o Anticristo, que  governará durante a primeira metade do Período da Tribulação de sete anos.


A linhagem da família Rothschild, que governa a nação de Israel hoje, é o cumprimento profético do tipo de judeu referido no Apocalipse: "Eis que eu farei aos da sinagoga de satanás, aos que se dizem judeus, e não são, mas mentem. Eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés".

Importante aqui lembrar que a Estrela de David não é um símbolo bíblico da religião judaica, mais comumente representada pelo Menorah, um candelabro de sete braços. Não há suporte bíblico algum para a adoção, por parte dos judeus, do hexagrama ou estrela de seis pontas para se referir a Israel.

Pelo contrário, na Bíblia encontramos uma repreensão divina ao uso idólatra de uma estrela pelo povo judeu: "Apresentastes-me, vós, sacrifícios e ofertas de manjares no deserto por quarenta anos, ó casa de  Israel? Sim, levastes Sicute, vosso rei, Quium, vossa imagem,  e o vosso deus-estrela, que fizestes para vós mesmos. Por isso, vos desterrarei para além de Damasco, diz o Senhor, cujo nome é Deus dos Exércitos".

Deus colocará um ódio tão grande no coração do anticristo que ele se voltará contra os atuais líderes israelenses illuminati e tentará matá-los, junto com todos os judeus do mundo. Neste ponto, Mateus 24:15-18 e Zacarias 13:8-9 serão cumpridos literalmente. Assim, podemos aferir como é importante o simbolismo místico da "estrela de seis pontas" para os modernos judeus illuminati, porque será a partir deste símbolo que o anticristo surgirá na Terra.

ROTHSCHILDS - ILLUMINATI - 2ª PARTE


0 comentários:

Post a Comment