22 September 2012

DESMISTIFICANDO 2012 - DEMYSTIFYING 2012

asteroide-impacto

Um enorme asteroide atingirá a Antártida em 2012 e os super-ricos já estão fazendo os preparativos. Eles têm cofres de sementes e bunkers para se abrigarem. Bilhões de pessoas vão morrer e os oceanos subirão 70 metros. Os Maias, os Sumérios, a civilização babilônica, nativos americanos e inúmeras outras culturas anunciaram este evento.

Também o planeta Nibiru retorna à Terra, em seu ciclo previsível. Ele vai virar o mundo de cabeça para baixo. Apenas a elite e os super-ricos serão convidados a escapar do apocalipse. Bilhões de dólares foram desviados para construir naves e projetos espaciais. A maioria dos avistamentos de OVNIs é destes veículos negros, os projetos para a fuga. Calma, senhores, não será assim!

A Terra tem sido sempre o alvo de impactos de cometas e asteroides, apesar de grandes impactos serem bem raros. O último grande impacto aconteceu há 65 milhões de anos, e levou à extinção dos dinossauros.

Atualmente os astrônomos da NASA fazem uma pesquisa no espaço, chamada de "Spaceguard Survey", para encontrar qualquer grande asteroide próximo da Terra antes que ele a atinja. Já foi determinado que não há nenhum asteroide grande como o que matou os dinossauros. Todo este trabalho é feito às claras, com as descobertas sendo anunciadas diariamente no site do NEO Program Office da NASA.

apocalypse-2012

O calendário maia diz que o mundo termina em 2012, mas calendários existem para manter um registro da passagem do tempo e não para predizer o futuro. Os astrônomos maias eram inteligentes e desenvolveram um calendário bastante complexo. Os calendários antigos são interessantes para historiadores, mas eles não chegam aos pés da capacidade ou da precisão dos calendários atuais utilizados por nós.

Afirma-se também que o Planeta X ou Nibiru, um suposto planeta descoberto pelos Sumérios, orbitando o Sol a cada 3.600 anos, estaria vindo em direção à Terra com uma civilização alienígena chamada de Anunnaki. Recentemente esta afirmação foi associada ao fim do calendário Maia, no solstício de 2012, então a data do fim do mundo ficou marcada para 21 de dezembro de 2012.

Nibiru é um nome da astrologia babilônica, às vezes associado ao deus Marduk, e aparece como um personagem secundário no poema da criação babilônio, "Enuma Elish", conforme registrado na biblioteca de Assurbanipal, Rei da Assíria. Afirmações de que Nibiru é um planeta conhecido pelos Sumérios são contrariadas por estudiosos que traduzem os registros escritos da antiga Mesopotânia.

Os Sumérios foram de fato uma grande civilização, importante para o desenvolvimento da agricultura, gerenciamento de recursos hídricos, vida urbana e para o desenvolvimento da escrita, mas eles deixaram poucos registros sobre a astronomia. Certamente eles não sabiam da existência de vários planetas e não tinham uma astronomia sofisticada. Não entendiam que os planetas orbitavam o Sol, uma ideia que só foi desenvolvida primeiro na Grécia Antiga, dois milênios depois do fim dos Sumérios.

apocalypse-2012

As fotos e vídeos do Nibiru pela Internet são, na sua maioria, imagens falsas do Sol causadas por reflexão interna nas lentes do captador,"lens flare". Pode-se identificar facilmente o clarão porque ele aparece diametralmente oposto à imagem do sol, refletida a partir do centro da imagem. Isto fica bastante óbvio em vídeos onde, conforme a câmera se move, a imagem falsa dança de uma forma exatamente oposta à imagem real do Sol. Reflexos similares também dão origem a muitas fotos falsas de UFOs.

Se houvesse a presença de um enorme planeta ou uma estrela anã-marrom em nosso sistema solar, como o Nibiru, esta teria sido denunciada pelos astrônomos há muitos anos, por causa das perturbações gravitacionais sobre outros objetos e pela detecção direta por instrumentos na faixa do infravermelho. O NASA Infrared Astronomy Satellite faz a pesquisa completa do céu, e pesquisas posteriores teriam visto Nibiru se ele existisse.

Se uma massa enorme circulasse pelo sistema solar interior a cada 3.600 anos, seus efeitos na órbita dos planetas interiores seriam fortemente detectáveis. Dizem que os governos escondem informações sobre o planeta X. Se o planeta fosse real os governos não conseguiriam manter o Nibiru ou planeta X em segredo. Ele seria rastreado por milhares de astrônomos, tanto amadores quanto profissionais, e estes astrônomos estão espalhados por todo o mundo. Não se consegue esconder um planeta que esteja a caminho da Terra.

apocalypse-2012

Alertam sobre a possível mudança dos polos, e que a crosta terrestre fará uma rotação de 180 graus em torno do núcleo em dias. Mas uma reversão na rotação da Terra é impossível e nunca vai acontecer. Existem os movimentos lentos dos continentes, mas estes são irrelevantes para o efeito de reversão dos polos de rotação.

As reversões magnéticas sim, podem ocorrer, como aconteceu no passado, mas não causam nenhum dano à vida na Terra. Não há razão para esperar uma reversão de polaridade nos próximos anos. Estas reversões magnéticas acontecem apenas uma vez a cada 400.000 anos, em média. Uma nova reversão magnética só acontecerá nos próximos milênios.

apocalypse-2012

Há um gigantesco buraco negro no centro da nossa galáxia, e como qualquer concentração de massa ele exerce sua força gravitacional sobre o resto da galáxia. O centro galáctico está a aproximadamente 30.000 anos-luz, e causa um efeito desprezível sobre o sistema solar. Por isto, não se preocupem. Não existem forças especiais vindas do plano galáctico ou do centro galáctico. A única força importante que atua sobre a Terra é a gravidade do Sol e da Lua.

apocalypse-2012

No máximo solar, que acontece a cada 11 anos, existem muito mais labaredas solares e ejeções de massa coronal do que perto do mínimo solar. As labaredas e ejeções de massa não trazem perigo para a vida humana ou outra forma de vida na Terra. Elas são perigosas para astronautas no espaço, para a tecnologia atual e para as transmissões elétricas em solo, levando a blecautes elétricos.

Ejeções da massa coronal do sol podem interromper transmissões de ondas, causar auroras brilhantes e danificar os componentes eletrônicos de satélites. O próximo máximo solar está previsto para acontecer em 2012 e 2013. Entretanto, os detalhes sobre os ciclos solares permanecem basicamente imprevisíveis e o campo magnético da Terra, a magnetosfera terrestre, nos protege ao criar uma região na qual a maior parte do material ejetado pelo Sol é capturada ou defletida.

apocalypse-2012

Podemos concluir que alegações extraordinárias requerem provas extraordinárias para terem crédito. Se quisermos respostas apocalípticas, creio que as encontraremos na Terra, entre a humanidade, que detonará a Terceira Guerra Mundial. Na sua imperfeição e primitivismo delirante, o homem, um simulacro de Deus, busca de uma forma errada a aceitação do Criador pela criatura. No empenho de tornar-se unido a Deus, luta desesperadamente com seus irmãos, para ser o preferido e pretensamente elegível para a vida eterna.


1 comentários:

sara mello said...

nossa mas isso pode não acontecer pois DEUS é quem decide se vai ou não acontecer isso , esse é apenas a minha opinião !

Post a Comment