26 October 2012

A RESSURREIÇÃO DOS MORTOS - THE RESURRECTION OF THE DEAD


RESURRECTION

No grande dia da Vinda do Filho do Homem será cumprida a ressurreição universal dos mortos em uma aparência transfigurada. A respeito da ressurreição dos mortos o Senhor diz: "Porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a Sua voz, e os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida, e os que fizerem o mal para a ressurreição da condenação"Quando os saduceus expressaram descrença na possibilidade da ressurreição, o Senhor os censurou: "Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus".

A certeza na verdade da ressurreição e da importância da crença na ressurreição, foram expressas pelo Apóstolo Paulo nas seguintes palavras: "E se não há ressurreição dos mortos, também Cristo não ressuscitou. E se Cristo não ressuscitou logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa Fé, e assim somos também considerados como falsos testemunhos de Deus, pois testificamos que Deus ressuscitou a Cristo, e foi feito as primícias dos que dormem porque, assim, como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo".

A ressurreição dos mortos será universal e simultânea tanto dos justos quanto dos pecadores. "Todos os mortos ouvirão Sua voz: E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida, e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação. Há de haver ressurreição de mortos, dos justos assim como dos injustos".

RESURRECTION

No entanto, não há duvida que a aparência ou forma dos ressuscitados justos será diferente da dos ressuscitados pecadores: "Então os justos resplandecerão como o Sol, no reino de Deus Pai; são palavras proferidas pelo Senhor. Alguns parecerão luz e os outros trevas".

Da palavra de Deus deve-se concluir que os corpos ressuscitados serão essencialmente os mesmos que pertenceram às suas almas na vida terrena: "Convém que o que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e o que é mortal se revista da imortalidade"Mas ao mesmo tempo, eles serão transfigurados, e primeiro de tudo, os corpos dos justos serão incorruptos e imortais. Eles serão completamente livres das fraquezas e enfermidades da vida presente.

Eles serão espirituais, celestes, não tendo necessidades corporais terrenas. A vida depois da ressurreição será como a vida dos espíritos sem carne, os anjos, de acordo com a palavra do Senhor. Para os pecadores, seus corpos também sem nenhuma dúvida se levantarão numa nova forma, recebendo uma natureza incorrupta e espiritual, ao mesmo tempo eles expressarão em si mesmos a condição de suas almas.

No mundo em geral nada é aniquilado e desaparece. Deus é poderoso para restaurar aquilo que Ele mesmo criou. A ressurreição universal e os acontecimentos que a ela se seguem são realidades que nós somos incapazes de representar totalmente em nossa imaginação, já que nunca as experimentamos em sua autêntica forma futura, nem podemos compreende-las completamente com nosso pensamento racional.

Não podemos resolver as numerosas questões que são postas por nossas mentes curiosas a respeito desse assunto. Por isso, essas questões e as concepções pessoais que foram expressas em resposta a ela não pertencem à teologia dogmática, cujas verdades da Fé são baseadas nas Sagradas Escrituras.

JESUS CRISTO NÃO ERA JUDEU




0 comentários:

Post a Comment