29 June 2013

O LADO ESCURO DO TRANSHUMANISMO - THE DARK SIDE OF TRANSHUMANISM

TRANSHUMANIST-CONSPIRACY

O transhumanismo pode se tornar uma orientação perigosa para a humanidade, caso sua filosofia seja mal interpretada e implementada atendendo aos interesses da elite dominante. Impulsionado pelas novas tecnologias emergentes é considerado por muitos como uma das idéias mais avassaladoras jamais criada pelos seres humanos.

Ele existe na forma de uma abordagem interdisciplinar para compreender e avaliar as questões éticas, sociais e estratégicas levantadas pelas atuais e futuras tecnologias.

Os transhumanistas preveem que, no futuro, os seres humanos podem e devem ser capazes de se transformar em criaturas com habilidades físicas e mentais muito expandidas utilizando-se das tecnologias de vanguarda.

Nossa atenção e desconfiança devem se focar principalmente nas tecnologias que representam uma ameaça para a sobrevivência da civilização humana como a conhecemos, e principalmente nas promessas políticas de se criar "oportunidades" para superar as limitações físicas humanas fundamentais.

O objetivo do transhumanismo é criar uma nova espécie de "super-humanos", onde as limitações humanas ou mesmo a morte serão coisas do passado. A origem do termo "transhumanismo" é atribuída a Julian Huxley, irmão do autor Aldous Huxley que escreveu o famoso livro "Admirável Mundo Novo", uma visão do futuro que a maioria das pessoas interpreta como "A Nova Ordem Mundial".

Julian Huxley afirmou que a espécie humana pode "transcender-se", e quando abraçarmos o transhumanismo a humanidade vai estar no limiar de um novo tipo de existência. "A eugenia é o objetivo final da evolução humana", acrescentou.

Uma das principais elites transhumanistas foi composta por Julian Huxley e Charles Galton Darwin, neto de Charles Darwin, aquele que imaginou a teoria da evolução. Galton Darwin afirmou: "Pode-se criar uma droga que anularia o desejo sexual e reproduziria na humanidade a atitude das abelhas operárias de uma colmeia, que nunca questionam ou se revoltam".

TRANSHUMANIST-CONSPIRACY

Ao longo da história, este conceito de subserviência social tem sido vislumbrado pela elite dominante como a sociedade ideal. Uma raça humana de escravos manipuláveis, cientificamente concebidos para se conformar, obedecer e servir às necessidades da elite.

Os transhumanistas imaginam que, no futuro próximo, todos os seres humanos possam estar com as suas mentes conectadas a uma matriz computadorizada, desta forma criando uma existência simbiótica homem-computador participando de uma nova superinteligência coletiva.

Segundo eles esta mente coletiva, ou mente de colmeia, só será exequível quando existir uma tecnologia que permita aos seres humanos "descarregar suas memórias" para um dispositivo armazenador, um hardware futurista, de modo que a inteligência combinada de todos os nossos cérebros crie esta nova superinteligência universal.

Este evento futuro teórico deve ser considerado, pelos "diletantes" transhumanistas, como um marco da evolução e uma dádiva para a civilização. Este vindouro momento paradigmático já foi denominado como "a singularidade total" ou "hive mind" (mente de colmeia).

Os fundadores do pensamento transhumanista eram indivíduos altamente educados e, em sua maioria, cidadãos britânicos. Estes indivíduos pertenciam à elite "intelectual" da época, a classe dirigente da sociedade, mas suas opiniões eram absolutamente elitistas, completamente totalitárias e fascistas.

Atualmente, embora alguns transhumanistas afirmem suas pretensões religiosas ou que professam algum tipo de credo, seus membros são compostos por ateus, maniqueístas, agnósticos e humanistas seculares.

Eles especulam que o futuro entendimento da neuro-teologia e a neuro-tecnologia permitirão que os humanos obtenham maior controle dos estados alterados da consciência, interpretados por eles como "experiências espirituais" e que, assim, conseguirão "o mais profundo auto-conhecimento".

Os transhumanistas apostam as suas crenças na compatibilidade futura da mente humana com o hardware de um mega computador, tendo a implicação prática de que a consciência humana poderá ser transferida para mídias alternativas, uma técnica especulativa vulgarmente conhecida como "upload da mente".

Desta forma, poder-se-ia criar as condições necessárias para a perpetuação da humanidade em uma realidade simulada, na qual a mente coletiva coexistiria na memória do "megaware" e, assim, poderia evoluir para a forma de uma criatura incorpórea carregando sua mente universal. Uma espécie de "divindade pós-humana"!

TRANSHUMANIST-CONSPIRACY

Lúcifer disse à mulher: "Certamente não morrereis, porque Deus sabe que quando comeres do fruto seus olhos se abrirão e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal". Lúcifer, segundo os transhumanistas, é a encarnação da razão, da inteligência e do pensamento crítico, pois se posiciona contra o dogma da existência de Deus, assim como todos os transhumanistas.

Declaram que Lúcifer é o padroeiro do transhumanismo, pois "defende" a exploração de novas idéias e perspectivas na busca da verdade. Também é o iconoclasta rebelde e o adversário que representa a ambição, rebeldia e iluminação racional. Mas, na verdade, é a parte sombria da racionalidade e o corruptor da humanidade!

Segundo a visão transhumanista, a ética, a moral e a religião não devem estar no caminho da auto-realização sem limites, mas podem ser instrumentos usados para alcançar uma vida de sucesso. A moralidade tradicional é algo a ser descartado.

Não deve existir o bem e o mal, mas apenas a eficiência e a ineficiência, a inteligência e a estupidez, os vencedores e os perdedores. Segundo os transhumanistas, atualmente existe apenas um racional auto-interesse  perseguido pelos humanos tímidos e ignorantes.

Esta filosofia devastadora para a sociedade atual é a diretriz dos transhumanistas, considerada por eles como um passo fundamental para alcançar a iluminação e a transcendência. Esta ideologia os denunciam como uma classe ávida pelo poder e demonstra o intenso desprezo dos transhumanistas pelas religiões e o total desinteresse pelo destino da humanidade.

Embora a proposta transhumanista para a criação de avatares supra-dimensionais possa parecer atraente para os tecno-teóricos, assim como para a população em geral, existem sérias consequências sociais e graves implicações éticas ou religiosas caso esta realidade sinistra seja exequível. O fato mais grave seria a exclusão de todos os aspectos humanos que definem o nosso caráter.

CONSPIRAÇÃO-TRANSHUMANISTA

Existem parâmetros que definem a experiência humana: as três dimensões espaciais, nossos sentidos e emoções, nossa vontade e consciência, a moral e o senso de responsabilidade, a religião e finalmente a morte.

A idéia de abandonar todos esses aspectos humanos em prol de supostos benefícios é muito pretensiosa e assustadora. O mais terrível é quando constatamos que já existem cientistas e teóricos implementando estes planos funestos na tentativa de torná-los uma realidade futura.

Um dos conceitos-chave do antigo transhumanismo foi a pseudociência elitista da eugenia ou "higiene racial". Atualmente a eugenia oculta-se na versão tecnológica conhecida como "transhumanismo mais humano", identificado pelo símbolo (H+) pelos seus seguidores.

O transhumanismo moderno afirma que apoia "apenas a eugenia voluntária", que soa muito mais benevolente do que a esterilização obrigatória ou a eutanásia dos seres humanos indesejáveis.

Mas sabemos que iniciativas como a eugenia voluntária nunca serão voluntárias, porque os perpetradores destas artimanhas sociais possuem poder econômico para escravizar toda a humanidade. A atual elite transhumanista está trabalhando com afinco para impor a agenda eugenista na sociedade, quer queiramos ou não!

CONSPIRAÇÃO-TRANSHUMANISTA

Quando ficamos expostos às imagens da violência e sexualidade explícitas, às aberrações e outras formas de estranhezas, como as apresentadas de forma intensa na mídia atual, passamos a sofrer da dissonância cognitiva e  ficamos condicionados a reagir de forma antinatural.

Neste condicionamento geral participam todos os meios de comunicação, dessensibilizando nossas mentes e tornando-nos parte da barbárie geral. Não há nada de positivo na forma como ficamos insensíveis à violência e passamos a aceitar uma variedade de idéias destrutivas e perigosas.

A dissonância cognitiva é implementada na mente quando o indivíduo percebe uma inconsistência lógica em suas crenças causada por duas idéias contraditórias. Assim, reagimos com sentimentos de culpa, raiva, frustração ou constrangimento.

O efeito mais importante e perigoso da dissonância cognitiva dos meios de comunicação, é que uma pessoa confrontada com tais idéias contraditórias cria um conflito ou perturbação que geralmente não é sentido no nível consciente.

O trauma psicológico criado pela dissonância cognitiva é interiorizado e processado pela mente subconsciente, da mesma forma que o sistema nervoso autônomo controla a respiração e o resto do organismo, sem nunca precisarmos pensar sobre isso de forma consciente.

Para reduzir estas dissonâncias opressivas, a população reage como uma unidade motivacional e com a mesma orientação comportamental. Como resultado, alteramos nossas atitudes, crenças e comportamentos de uma forma global e sistemática.

A utilização da dissonância cognitiva, um dos conceitos mais perniciosos da psicologia social, faz parte do plano transhumanista de tornar os seres humanos cada vez mais robotizados e apáticos, para que a implementação da singularidade, a mente de colmeia, seja imposta sem reação ou indignação.

3 comentários:

Anonymous said...

Estes transhumanistas são um bando de doidos!

Anonymous said...

Experimentos ilegais em seres humanos no Brasil

Já é possível ler os pensamentos de uma pessoa utilizando antenas de telefonia móvel, satélite e o cérebro humano. Essa tecnologia por satélite é controlada por uma rede global de criminosos, esses elementos adentram o cérebro humano 24 hs a conexão pode vir de várias pessoas ao mesmo tempo, leitura do córtex visual através da interface cérebro computador. O crime organizado utiliza essa tecnologia no narcotráfico e para fins de tortura e assassinato. Leiam mais sobre esse crime no Google sites v2k technology, synthetic telepathy, voice to skull, Psychotronic Weapons, mk ultra Brasil, gang stalking world, microwaves in remote neural monitoring, mind control an silent sound, nano implant brain radar, eletromagnetic torture. Meu nome é Marisa sou vítima dessa arma e neste momento estou sendo torturada por uma quadrilha de tráfico de mentes humanas que atua no sul do país.

marisanogueira123@yahoo.com.br

Anonymous said...

Sou transhumanista, estudioso de ocultismo, filosofia, psicologia, de estratégia política e militar e de manipulação em geral. Considero os elementos desinformação e engenharia social explicados nesse post. Mas não sou idiota útil, queremos a alteração profunda da espécie (espécime), não cremos que a humanidade seja mais que animal. Rumo ao transhumanista. Veja o filme splice, me inspirou nele.

Post a Comment