28 August 2013

SOBREVIVENDO DURANTE A TRIBULAÇÃO - SURVIVING DURING THE TRIBULATION


SURVIVING-TRIBULATION

A FUGA RÁPIDA - QUICK GETAWAY

Utilize uma mochila ou uma mala de mão com vários compartimentos para o transporte dos principais itens de sobrevivência. Organize os itens mais pesados ​​em primeiro lugar, situando-os no fundo. Embale os documentos e as roupas em sacos herméticos, colocando-os onde poderão ser acessados ​​rapidamente. Arrume nos compartimentos de fácil acesso o dinheiro, documentos importantes, mapas locais, alimento energético, barras de proteína, lanterna, faca e arma de defesa.


Sugiro alguns itens essenciais para levar na escapada: água, alimentos não-perecíveis, prescrição de medicamentos, celular e carregador, rádio e pilhas, lanterna a dínamo, faca de sobrevivência, canivete multiuso, arma de fogo, estilingue e esferas de aço, linha de pesca e anzol, apito para alarme, lente, fósforos, velas, isqueiros, elásticos grandes e sacos plásticos variados, binóculos, bússola, pederneira, luvas, máscara descartável, kit de costura, espelho, pente, cortador de unha, película plástica aderente.


Acrescente um kit de primeiros socorros, sachês de álcool gel, bolas de algodão para curativos e iniciar um fogo, pacotes de ataduras, esparadrapo micropore, fita adesiva silver tape, kit de higiene, sacos de lixo e papel para saneamento pessoal, abridor de garrafa e latas, talheres, sal, bicarbonato de sódio, utensílios para cozinhar, roupas confortáveis e grossas, toalhas, barraca, lona impermeável, corda de nylon, cobertores e saco de dormir.


Saia de casa "trajado para a guerra"! Vista calças de tecido forte com diversos bolsos e use um anorak como proteção. Calce botas impermeáveis com meias grossas de lã merino. Vista as roupas em camadas, e assim você poderá adicionar ou remover uma roupa, pois é mais fácil tirá-las do corpo do que procurar na bagagem. Tenha uma arma sempre a mão e fique pronto para proteger seus entes queridos.


SURVIVING-TRIBULATION

Durante as catástrofes ou ataques terroristas as pessoas tendem a ficar perto de suas casas até que sejam avisadas pelas autoridades para procederem a evacuação da área. Para este tipo de situação deve-se já ter estocado em casa galões de água, alimentos enlatados, desidratados e liofilizados, sucos embalados, lanternas ou lampiões de LED e outras opções alternativas como velas, lampiões, fogareiros e aquecedores a gás propano, álcool ou querosene.

Considere tomar a iniciativa de sair do local antes que a evacuação seja oficial ou obrigatória. Desta forma, conseguirá um tempo mais otimizado para a retirada da sua família, evitando a multidão que espera para evacuar a área ao mesmo tempo. Estes sempre ficarão presos no tráfego, tornando-se alvos fáceis em caso de um ataque terrorista ou catástrofe.

Caso faça uso de medicamentos regulares, sempre mantenha uma reserva e certifique-se de mantê-los disponíveis durante a retirada. Procure se abrigar na casa de parentes ou amigos, seja para dormir no sofá ou acampar no quintal. Da mesma forma, será preferível e mais seguro escolher uma área de camping ou de mata protegida para pernoitar.

Não use os abrigos do governo a menos que seja absolutamente necessário, porque os sobreviventes estarão com medo e desesperados. Manter a sua família no meio de uma multidão problemática é a última opção durante grandes tragédias. Deve-se ter sempre a mão uma reserva de dinheiro e um pouco de prata ou ouro, para servir de objeto de troca nos tempos difíceis da Tribulação.

SURVIVING-TRIBULATION

AS POTENCIAIS AMEAÇAS - POTENTIAL THREATS

A liberação de gases tóxicos na atmosfera pode advir de um ataque terrorista ou de um acidente industrial. Mantenha sempre a calma e tenha um plano de ação pré-elaborado. O pânico, além de ser contraproducente, pode induzir a uma respiração rápida causando uma maior inalação do gás mortal. Se estiver em casa, sele todas as janelas e frestas com plástico ou lona e fita adesiva silver. Caso esteja ao ar livre, vire de costas contra o vento e busque rapidamente um lugar alto. Não coma ou beba qualquer coisa que possa ter sido exposta ao elemento químico. A melhor medida de proteção é o uso de máscaras de gás e um traje hermético.

Máscaras portáteis, óculos de segurança e o uso dos agasalhos com capuz e calças compridas também inibem a exposição ao gás. A atropina pode ser injetada para combater os sintomas da exposição aos agentes químicos mais comuns. Estes são mais densos que o ar e geralmente fluem para as áreas mais baixas. Os níveis mais altos das construções e terrenos elevados, como os edifícios, os morros ou as pontes, são bons locais para se refugiar e evitar o contato com o ar contaminado.

Saia do centro da cidade e dirija ou caminhe para bem longe do caos urbano. Tente alcançar vilarejos em altitudes elevadas e longe do litoral. As armas químicas modernas incluem gases asfixiantes como o fosgênio, o cloro e o gás mostarda, e agentes nervosos como Tabun, Sarin, VX e o Russian-VX. Os agentes químicos podem ser liberados através de explosões ou pulverizações na forma de gotículas e pó fino. Para causar dano fatal devem entrar em contato com a pele ou membranas mucosas, serem inalados ou ingeridos.

A periculosidade do agente químico depende da sua concentração e do nível de exposição sofrido. Abaixo de um certo nível o agente químico não mata nem causa danos. A nuvem esverdeada do gás cloro, o mais comum, causa o efeito asfixiante ao induzir o pulmão a produzir fluidos como defesa. Mata por "afogamento" auto-induzido.

SOBREVIVENDO-TRIBULAÇÃO

Deve-se atentar para os noticiários, pois um ataque nuclear deverá ser precedido pela deterioração da situação política entre países antagonistas. Uma guerra com armas convencionais entre as nações, que não termina rapidamente, poderá escalar para uma guerra nuclear. Até mesmo um ataque nuclear limitado a uma região pode originar uma guerra nuclear total em outro país. Neste caso, deve-se avaliar o risco que sofrerá sua família ao decidir entre a evacuação, a permanência em casa ou a construção de um abrigo improvisado.

Habitar em localidades próximas aos alvos suscetíveis de serem atacados, como aeroportos e bases navais, prédios do governo, cidades industriais e grandes centros populacionais, afetará a decisão a ser tomada. Mas procure qualquer abrigo imediatamente! Se você não puder encontrar um abrigo seguro durante o ataque com armas nucleares, procure uma área baixa nas proximidades e fique na posição fetal com a face voltada para baixo, totalmente vestido ou coberto com materiais não inflamáveis.

Procure não expor a pele do corpo durante ou depois da explosão do artefato nuclear. Se não encontrar um abrigo por perto, cave uma trincheira e proteja-a com uma lona, chapas de madeira ou ferro, e cubra tudo com terra o mais rápido possível. Fique dentro de casa se houver a possibilidade de que a edificação não vá colapsar ou incendiar devido à explosão atômica; pelo menos a construção irá proporcionar alguma proteção contra a radiação.

Se isso será uma opção viável ou não dependerá do material usado na construção da edificação e quão perto você estará do marco zero da explosão nuclear. Procure manter a sua família em um aposento sem janelas, porque mesmo quando o edifício não sofre danos substanciais a explosão nuclear destrói todas as janelas e portas dos prédios a enormes distâncias, devido à intensa onda de choque inicial e ao consequente vácuo gerado depois.

SOBREVIVENDO-TRIBULAÇÃO

A SOBREVIVÊNCIA - SURVIVAL

Evite ser exposto à radiação Gama. Dentre as várias radiações emitidas pela bomba atômica, os raios Gama são os mais mortais. Eles podem viajar por milhares de quilômetros e penetram em qualquer tipo de blindagem. Muita blindagem será necessária para minimizar seus efeitos. Portanto, a radiação Gama é que causará os graves danos aos órgãos internos do ser humano. Tente não gastar mais do que cinco minutos durante uma exposição ao ar livre.

Se você estiver em uma área rural tente encontrar uma construção, um fosso ou caverna. Mesmo um grande tronco caído, embaixo do qual você poderá escavar e rastejar para dentro, servirá de proteção. Cave uma trincheira e empilhe a terra ao seu redor. Comece reforçando o seu abrigo por dentro, empilhando terra ao redor das paredes e cubra-o com qualquer material que estiver disponível.

Quando estiver no abrigo improvisado e quiser cobri-lo, use somente os materiais que estão nas proximidades para evitar a exposição à radiação mais do que o necessário. Carregue sempre consigo seu kit de sobrevivência. Uma lona ou a barraca de camping serve para cobrir o abrigo e vai ajudar a deter os detritos da precipitação radioativa e a chuva negra, mas não vai deter os raios Gama. Planeje ficar em seu abrigo durante dez dias no mínimo e em nenhuma circunstância deixe o abrigo nas primeiras 48 horas.

É impossível se proteger completamente contra toda a radiação, que só poderá ser reduzida a um nível tolerável. Use a seguinte referência para ajudá-lo a determinar a espessura do material que você vai precisar para diminuir a penetração da radiação: 25 cm de aço, 100 cm de rocha, 75 cm de concreto, 250 cm de madeira, 100 cm de terra, 200 cm de gelo e 600 cm de neve.

SURVIVING-TRIBULATION

Você vai precisar de líquidos e alimentos para sobreviver. Quando for procurá-los, obviamente acabará por se expor à radiação, a não ser que você sobreviva em um abrigo específico com alimentos e água. Será inevitável! Enlatados, alimentos processados ​​ou liofilizados serão essenciais neste momento. Se tiver de caçar o seu sustento todos os animais podem ser ingeridos, mas deve-se tirar a pele e os órgãos internos pois estarão irradiados. Tente não comer a carne colada ao osso porque a medula óssea mantém a radiação.

As plantas com raízes comestíveis, tais como cenouras e batatas, são a melhor opção pois estarão quase isentas da radiação. Águas expostas, rios ou lagos, podem ter recebido partículas da precipitação radioativa e são prejudiciais à saúde. Água de fontes subterrâneas ou de um poço coberto será a melhor escolha. Use a água de rios e lagos apenas como o último recurso para não morrer de desidratação.

Pode-se cavar um buraco para procurar água que, turva ou barrenta, escoará para dentro da vala. Espere os sedimentos se assentarem para então ferver a água, se quiser a garantia quanto à segurança contra patogenias. Aconselho beber a água como vier, sem se preocupar com detalhes específicos como a fervura. Se estiver abrigado num edifício a água é geralmente segura. Se não houver água, e provavelmente não haverá, utilize a água contida nos canos abrindo a torneira no ponto mais alto para deixar o ar entrar e, em seguida, abra uma torneira no ponto mais baixo da edificação para drenar a água resultante.

Use roupas de proteção especialmente quando estiver ao relento, para ajudar a prevenir as queimaduras Beta. Chapéus, luvas, óculos, máscara, camisa de manga comprida, anoraks, etc, são bons protetores. Descontamine suas roupas constantemente, sacudindo a poeira e lavando com água. Lave toda a pele que ficou exposta com sabão ou detergente, pois o resíduo radioativo acabará por causar queimaduras graves.

SOBREVIVENDO-TRIBULAÇÃO

SALVANDO VIDAS - SAVING LIVES

Para tratar a queimadura denominada Beta, causada pela radiação ionizada, comece mergulhando-a em água fria até que a dor desapareça, mas nunca esfregue a pele. Se esta criar bolha ou rachar lave-a com água fria para remover os contaminantes e cubra-a com uma compressa esterilizada para evitar a infecção. Para o tratamento use vaselina, mel, uma pasta feita com bicarbonato de sódio e água ou terra úmida não contaminada. Nunca estoure as bolhas formadas!

Se a lesão for causada pela grave queimadura térmica do calor da explosão atômica, em vez das partículas ionizantes, a situação será muito mais grave devido à perda de líquidos, choque, lesão pulmonar e infecção. Primeiro proteja as queimaduras da contaminação. Se a roupa cobre uma área queimada, corte e retire delicadamente o tecido da queimadura. Não tente remover o tecido que estiver fundido na lesão nem aplique qualquer produto sobre a queimadura. Delicadamente, lave a área queimada apenas com água.

Como os suprimentos médicos tendem a ser escassos, uma alternativa conveniente para proteger a lesão grave é usar o plástico de embalar alimentos, a película plástica aderente, que é estéril e está prontamente disponível. O "estado de choque" é causado pelo fluxo insuficiente de sangue para os tecidos e órgãos vitais e se não for tratado pode ser fatal. O choque resulta da perda excessiva de sangue, de queimaduras profundas ou reações psicológicas aos traumas sofridos.

Os sinais são agitação, sede, pele pálida e batimentos cardíacos acelerados. A sudorese intensa pode ocorrer mesmo se a pele estiver fria e seca. À medida que se agrava o estado da vítima, esta tende a respirar em inaladas curtas e mantém um olhar vago. Para manter os batimentos cardíacos e a respiração adequada massageie o peito e posicione a pessoa para uma respiração adequada e confortável. Solte qualquer roupa apertada e tranquilize a vítima.

SOBREVIVENDO-TRIBULAÇÃO

Sinta-se seguro ao ajudar as pessoas com a "doença da radiação", também denominada "síndrome de radiação". Seja firme, mas suave no trato destas vítimas, e aja com auto-confiança. Não há perigo para o cuidador, pois o contágio depende muito da quantidade de radiação à que a vítima foi exposta. Infelizmente, você terá que aceitar que muitas pessoas irão morrer em breve.

Se não forem Cristãos professos tente salvar suas almas nos últimos instantes, através da oração e usufruindo do direito de qualquer Cristão que, em casos extremos, pode oferecer a benção de Deus e a absolvição para um moribundo. Todo ser humano, consciente ou inconscientemente, seja ateu ou pecador, deseja e merece o benefício da Graça de Deus na sua hora final.

Racione as rações e suprimentos, priorizando o seu recebimento entre os muito jovens, os velhos ou doentes, que deverão merecer toda a atenção tanto no atendimento como na alimentação. Manter os escassos mantimentos para atender os que não estão morrendo poderá suprir a enorme demanda.

A própria consciência e a Fé de cada cuidador serão os balizadores das decisões a serem implementadas para atender a necessidade do grupo. Será uma época muito difícil e invariavelmente graves erros serão cometidos! Esteja preparado para ataques nucleares subsequentes, porque o mais provável é que um ataque nuclear não seja um evento isolado, ou para uma invasão total do inimigo por terra e ar.

Se tudo o mais falhar, fuja com a sua família e procure sobreviver dentro de uma caverna. Todos nós estaremos juntos nesta jornada para a Eternidade, sem temor e felizes em saber que a Tribulação é apenas um pequeno passo para a "Restauração de todas as coisas" em Jesus Cristo. Fiquem com a paz de Deus.

JESUS CRISTO NÃO ERA JUDEU



1 comentários:

Anonymous said...

Acho que também deve-se levar óculos escuros para proteger do clarão da explosão atômica.

Post a Comment