12 February 2014

QUANDO OS ANJOS CHORAM - WHEN ANGELS CRY

QUANDO-ANJOS-CHORAM

Até o século IV d.C. era comum entre os Cristãos a leitura do Livro I de Enoque, uma literatura apocalíptica caracterizada pela simbologia marcante e por visões proféticas referentes ao fim dos tempos.

Após o Concílio de Éfeso, e posteriormente ratificado no de Cartago, os teólogos decidiram quais escritos deveriam normatizar e orientar a Fé Cristã, excluindo os textos  considerados apócrifos, como os de Enoque, particularmente por serem revolucionários sob o ponto de vista religioso e político.

Enoque descendia da sétima geração de Adão, sendo filho de Jarede e pai de Matusalém. De acordo com o Livro do Gênesis, Enoque foi arrebatado por Deus para que não padecesse durante o Dilúvio: "Andou Enoque com Deus durante trezentos anos, depois que gerou a Matusalém, e gerou filhos e filhas. E todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos. Andou Enoque com Deus e não apareceu mais, porque Deus para si o tomou".

QUANDO-ANJOS-CHORAM

O termo "Filhos dos Céus" é uma referência direta às criaturas celestiais. O Livro de Enoque contém a narrativa da saga dos seres angelicais e a sua rebelião desencadeada pela lascívia e sensualidade exacerbada, quando rejeitaram seu status espiritual original ao se envolverem com mulheres humanas.

O livro relata que o interesse dos anjos pelas filhas dos homens não se restringia só às questões sexuais, pois eles também desejavam compor uma família e selar a união com a geração de descendentes: "Vinde, selecionemos para nós mesmos esposas da progênie humana, e geremos filhos entre eles".

A reprodução entre anjos e fêmeas humanas originou o surgimento de uma raça de  gigantes, os nefilins, guerreiros destemidos que matavam e devoravam seus inimigos. Devido à iniquidade e maledicência dos anjos rebeldes, todos  foram enviados e presos no tártaro até a época do Juízo Final. A impudicícia da humanidade também foi punida, resultando no Dilúvio mundial, quando somente oito almas sobreviveram em toda Terra.

WHEN-ANGELS-CRY

O anjo Azazel foi o responsável por incitar a rebelião dos anjos. Ele tinha plena consciência de que a sua atitude reacionária iria causar sofrimento a todos os rebelados que, mesmo diante da gravidade dos fatos, estavam solidários com o líder e predispostos a arcar com as consequências resultantes.

A narrativa indica que centenas de anjos apoiaram o pacto final contra Deus e que o Monte Hermom foi o local específico onde o acordo entre os rebeldes foi firmado. Até os dias de hoje o Monte Hermom é um marco para os judeus, assim como foi historicamente relevante para o povo hebreu.

Os anjos caídos foram os responsáveis por disseminar conhecimentos e práticas que deveriam ter sido mantidos ocultos da raça humana. O anjo Azazel foi o maior responsável nesta disseminação indigna, pois ensinou a arte da fabricação das armas de guerra e os segredos da magia negra para os humanos. A cabala judaica deriva destes ensinamentos ocultos.

O resultado foi que  a violência e a iniquidade foram de tal forma ampliadas na Terra que a impiedade consagrou-se como um princípio social. Os anjos rebeldes acabaram por transgredir e corromper todas as Leis Mosaicas, selando seu destino e a queda final, assim como a perdição de toda a humanidade.

QUANDO-ANJOS-CHORAM

Todo este passado de revolta contra Deus fincou suas raízes solidamente no futuro, pois a ilusão do fim dos tempos será tão forte e elaborada que enganará toda a população da Terra. Atualmente, uma mentira ardilosamente engendrada enganará a muitos, até os que se consideram bons Cristãos, para convencê-los a aceitarem o anticristo.

A religião da "nova era" implementar-se-á através de um cenário apocalíptico onde os falsos milagres e as entidades holograficamente criadas farão parte da ilusão final. Jesus nos advertiu que muitos sinais precederiam a subida do anticristo ao poder e que só alguns escapariam da enganação do fim dos tempos.

A NWO conseguirá que a população mundial aceite o governo do anticristo através da implementação de um engodo tecnológico, criado pela NASA, denominado "Projeto Blue Beam". Esta tecnologia consegue criar a ilusão da chegada de seres angelicais na Terra para que possam resgatar o espírito e a fé da humanidade.

Estes seres iluminados vão se parecer com os deuses e anjos descritos nas tradições religiosas da antiguidade. Até mesmo os Cristãos serão iludidos pela percepção holográfica criada pelo Projeto Blue Beam, e pensarão seriamente em reavaliar suas crenças religiosas.

WHEN-ANGELS-CRY

O Projeto Blue Beam é o que existe de mais moderno no controle social e mental, pois utiliza a tecnologia da transmissão de hologramas tridimensionais e sons exóticos em frequências únicas, que interagem com alvos individuais ou agrupamentos populacionais.

A projeção de múltiplas imagens holográficas na atmosfera terrestre, visualizadas em várias partes do globo, simulará a experiência da chegada de seres divinos. Isto fará com que os povos reajam a esta interação de acordo com cada crença religiosa local.

Curiosamente, as tradições revelam que os anjos rebeldes, denominados potestades do ar, cumprem seu exílio e punição na atmosfera terrestre. Isto é, estes anjos estão vagando acima e em torno do planeta Terra. Este conceito polêmico contradiz a ideia de que o inferno situa-se nas profundezas terrestres, o local bíblico da punição para os anjos caídos assim como para as almas penadas.

WHEN-ANGELS-CRY

Escritos de São Pedro descrevem a punição imposta aos anjos rebeldes e a passagem de Jesus no tártaro para repreendê-los: "Deus não poupou os anjos quando pecaram, precipitando-os ao inferno nos abismos das trevas e assim reservando-os para o Juízo Final. Também não poupou o mundo antigo mas preservou Noé, o pregador da justiça, e mais sete pessoas. Depois fez vir o Dilúvio sobre o mundo dos ímpios".

As cartas de Pedro versam sobre o pecado dos anjos e seu aprisionamento no tártaro, o local das trevas eternas. O termo "tártaro" só ocorre uma vez no Novo Testamento, mas revela uma semelhança acentuada com a narrativa de Enoque, que afirma que os anjos foram aprisionados nas trevas sem contato com nada nem ninguém, antes que o Dilúvio despencasse sobre a humanidade.

WHEN-ANGELS-CRY

O fato relevante que trará os povos sob o domínio do governo único da NWO será a falsa necessidade de salvar o planeta Terra de uma ameaça apocalíptica, como a WWIII, uma invasão alienígena falseada ou a premente colisão de asteroides.

A expectativa e a urgência dos problemas farão com que as pessoas acolham o anticristo de braços abertos, sem questionar, visando a segurança pessoal. Com propriedade, as Escrituras vinculam a presença de catástrofes durante a subida do anticristo ao poder e à profecia do fim dos tempos.

Computadores de última geração coordenarão os satélites e dirigirão o show holográfico no céu. Animações realistas e sons espectrais, parecendo emanar das profundezas do espaço, convencerão os povos ignorantes de que o Juízo Final está próximo.

Projeções holográficas de Jesus, Maomé, Buda, Krishna, etc, exigirão outra explicação "mais correta" dos mistérios e revelações do passado, levando milhões de fanáticos a se aniquilarem em uma escala nunca antes testemunhada, histericamente possuídos pela incerteza das suas crenças.

WHEN-ANGELS-CRY

A falsificação engendrada pelo Projeto Blue Beam resultará na deterioração dos costumes, na devassidão coletiva e destruição global. Seguidores ardentes e atônitos com a chegada dos seus próprios messias testemunharão e aceitarão uma falsa realidade aparentemente convincente e reveladora.

Caberá ao anticristo falsear que as religiões antigas foram mal interpretadas e que são as responsáveis por jogar irmão contra irmão e, portanto, as velhas religiões devem ser abolidas a fim de abrir caminho para a religião "new age" da Nova Ordem Mundial.

Atualmente a maioria das pessoas acredita que o anticristo será um líder religioso do Oriente Médio, enquanto outros vão complicar-se ao crerem que será um Papa ou um político que desponte da União Européia, onde grassam os símbolos maçônicos e cabalísticos nos pavilhões e tradições escritas, sugerindo assim esta mensagem errônea.

Desta forma, as pessoas manter-se-ão focadas na Europa ou no Oriente Médio, tentando decifrar a quem pertence o número da besta do apocalipse. Mas os Codex já revelaram, e nos alertam, que a América é o refúgio final do anticristo na Terra.

0 comentários:

Post a Comment