30 August 2012

(19) O CATECISMO DE SÃO PIO X - THE CATECHISM OF SAINT PIUS X


SANTO PAPA PIO X
(Cont.)

339)  É coisa boa e útil recorrer à intercessão dos Santos?
É coisa utilíssima invocar os Santos, e todo o Cristão o deve fazer. Devemos invocar particularmente nossos Anjos da Guarda, São José,  protetor da Igreja, os Santos Apóstolos, o Santo do nosso nome  e os Santos protetores da diocese e da paróquia.


340)  Que diferença há entre as orações que fazemos a Deus e as que fazemos aos Santos?
Entre as orações que fazemos a Deus e as que fazemos aos Santos, há esta diferença: que a Deus,  invocamo-Lo a fim de que,  como autor das graças, nos dê os bens  e nos livre dos males, e aos Santos, invocamo-los para que, como advogados junto de Deus, intercedam por nós.


341)  Que queremos dizer, quando dizemos que um  Santo concedeu uma graça?
Quando dizemos que um Santo concedeu uma graça, queremos dizer que esse Santo obteve de Deus aquela graça.


342)  De que trata a terceira parte da Doutrina Cristã?
A terceira parte da Doutrina Cristã trata dos Mandamentos da Lei de Deus e da Igreja.

343)  Quantos são os Mandamentos da Lei de Deus?
Os Mandamentos da Lei de Deus são dez:


1° -  Amar a Deus sobre todas as coisas.
2° -  Não tomar seu Santo Nome em vão.
3° -  Guardar domingos e festas.
4° -  Honrar pai e mãe.
5° -  Não matar.
6° -  Não pecar contra a castidade.
7° -  Não furtar.
8° -  Não levantar falso testemunho.
9° -  Não desejar a mulher do próximo.
10°- Não cobiçar as coisas alheias.


344)  Porque têm esse  nome os Mandamentos da Lei de Deus?
Os Mandamentos da Lei de Deus têm esse nome porque foi o próprio Deus que os gravou na alma de todo o homem, os promulgou no monte  Sinai, na antiga Lei, esculpidos em duas tábuas de pedra, e Jesus Cristo os confirmou na Lei nova.


345)  Quais são os Mandamentos da primeira tábua?
Os Mandamentos da primeira tábua são os três primeiros, que se referem diretamente a Deus, e aos deveres que temos para com Ele.


346)  Quais são os Mandamentos da segunda tábua?
Os  Mandamentos da segunda tábua são os últimos sete, que se referem ao próximo e aos deveres que temos para com ele.


347)  Somos obrigados a observar os Mandamentos?
Sim, todos somos obrigados a observar os Mandamentos, porque  todos  devemos viver segundo a vontade de Deus que nos criou; e basta transgredir gravemente um só deles para merecermos o Inferno.


348)  Podemos observar os Mandamentos?
Podemos sem dúvida observar os Mandamentos da Lei de Deus, porque  Deus não nos manda nenhuma  coisa impossível, e dá a graça para quem os observar e  a quem o pede devidamente.


349)  Que se deve considerar em cada  Mandamento?
Em cada Mandamento deve-se  considerar a parte positiva e a parte negativa; isto é, o que nos é ordenado e o que nos é proibido.


350)  Porque disse o Senhor antes de ditar os Mandamentos: “Eu  sou o Senhor teu Deus”?
Antes de promulgar os Seus  Mandamentos, Deus disse: “Eu sou o Senhor teu Deus”,  para que saibamos que Deus, sendo  o nosso  Criador e Senhor, pode mandar o que quiser,  e nós, criaturas Suas, somos obrigados a obedecer-Lhe.


351)  Que nos ordena Deus com as palavras do primeiro Mandamento: amar a Deus  sobre todas as coisas?
Com as palavras do primeiro Mandamento: amar a Deus sobre todas as coisas, Deus nos ordena que  O reconheçamos, adoremos, amemos e sirvamos a Ele só, como nosso Soberano Senhor.


352)  Como se cumpre o primeiro Mandamento?
Cumpre-se o primeiro Mandamento com o exercício  do culto interno e externo.


353)  Que é o culto interno?
O culto interno é a honra que se presta a Deus só com as faculdades da alma, isto é, com a inteligência e com a vontade.


354)  Que é o culto externo?
O culto externo  é a homenagem que se presta a Deus por meio de atos exteriores e de objetos sensíveis.


355)  Não basta adorar a Deus  interiormente, só com o coração?
Não basta adorar a Deus  interiormente, só com  o coração, mas é necessário adorá-Lo também exteriormente, com a alma e com o corpo  juntamente, porque Ele é Criador e Senhor absoluto de uma e de outro.


356)  Poderá haver culto externo sem  o interno?
Não pode de forma alguma haver culto externo sem o interno, porque aquele, desacompanhado deste,  fica  privado de vida, de merecimento e de eficácia, como corpo sem alma.


(Continua)

0 comentários:

Post a Comment