04 February 2013

ARMAS ESCALARES E GRAVITACIONAIS - SCALAR AND GRAVITATIONAL WEAPONS - 1ª PARTE

arma-escalar

Em 1930 Tesla anunciou armas bizarras e terríveis. O raio da morte, uma arma capaz de destruir milhares de humanos e máquinas, e sua grande arma para acabar com todas as guerras, o domo ou escudo de Tesla, em que nada poderia penetrar. No entanto, ninguém mais prestou atenção ao grande gênio esquecido.

Tesla morreu em 1943, sem nunca revelar o segredo destas grandes armas e invenções, mas seus escritos foram surrupiados, estudados e  desenvolvidos pelas nações mais poderosas da Terra. Assim nasceram as armas escalares e gravitacionais, carregando consigo o potencial destrutivo jamais conhecido pela humanidade.

Tanto é verdade que, em janeiro 1960, Khrushchev anunciou o desenvolvimento de uma nova arma fantástica, tão poderosa que poderia destruir toda a vida na Terra se fosse irrestritamente utilizada, e o New York Times publicou matérias sobre esse assunto. Khrushchev, obviamente, estava se referindo às emergentes armas escalares eletromagnéticas.

Assim, no início de 1960 os soviéticos estavam adiantados pelo menos 30 anos no desenvolvimento da engenharia para a produção das grandes armas escalares.

scalar-weapon

Nikola Tesla havia apresentado o projeto do seu raio da morte no passado, mas agora já é uma realidade. O efeito no ser humano atingido pela arma está além da ficção. A morte ocorre instantaneamente, completamente, sem crises, sem reação. Todo o sistema nervoso é destruído imediatamente. Cada célula do corpo é "paralisada" instantaneamente, incluindo todas as bactérias, germes, etc.

Um corpo atingido por essa arma cai como um pano mole e fica onde cai, e não deteriora! De uma maneira macabra é reduzido a algo como um alimento irradiado, a matéria é conservada durante um longo período de tempo antes do decaimento, da decomposição final.

O escudo de Tesla pode ser usado de um modo defensivo quase inexpugnável, reagindo aos ataques através dos "disparos" feitos de uma cúpula, o domo de Tesla, que emite raios de energia eletromagnética altamente poderosos formados a partir do vácuo no local da blindagem da estrutura. Testes da KGB nestas cúpulas foram confirmados por pilotos de avião em todo o mundo.

scalar-weapon

Em 1963 Khrushchev dava início a uma sequência de ataques utilizando energia eletromagnética, ao destruir o submarino americano U.S.S. Thresher com uma de suas novas armas escalares.

Também empregando armas escalares soviéticas, emitiu dois maciços pulsos eletromagnéticos através do oceano, interferindo profundamente sob a superfície, a 100 quilômetros ao norte de Porto Rico. A gigantesca explosão subaquática resultante arremessou para o ar um cogumelo de água de meia milha de altura.

A explosão anômala foi observada e posteriormente comunicada ao FBI e à Guarda Costeira, pelo piloto e tripulação de um avião americano Jetliner, que passava nas proximidades em rota de Porto Rico para a Flórida. Em 67 e 68 buracos anômalos apareceram nas nuvens sobre os EUA, e foram associados ao início precoce da reengenharia climática soviética naquele país. Os invernos daqueles anos nos EUA foram particularmente graves.

Este tipo de arma é o que realmente causou os misteriosos flashes na costa sudoeste da África, em 1980, captado por satélites no espectro infravermelho. Além disso, um dos cientistas do Observatório Ionosférico de Arecibo observou uma perturbação, uma assinatura do padrão de ondas gravitacionais viajando em direção às proximidades das explosões.

ARMAS ESCALARES E GRAVITACIONAIS - 2ª PARTE



0 comentários:

Post a Comment