20 February 2013

AS PROFECIAS DO FIM DOS TEMPOS - THE PROPHECIES OF THE END TIMES


profecia

Santa Hildegard  (século XIII)

É chegado o tempo quando os povos rejeitarão a autoridade Papal. Algumas nações irão preferir seus próprios governantes na Igreja em vez do Papa.  Antes que o cometa chegue, muitas nações serão açoitadas por carência e  fome. Um grande país habitado por pessoas de diferentes raças será devastado por terremotos, tempestades e grandes ondas. A terra firme será fendida e em grande parte submersa.

Essa nação sofrerá também muitas desgraças e perderá sua soberania. Durante a passagem do grande cometa, várias nações serão devastadas por terremotos, tempestades e grandes ondas de água, trazendo fome e pragas. Os oceanos inundarão muitos países e todas as cidades costeiras viverão com medo. Cidades serão destruídas pelas ondas e a maior parte da humanidade perecerá.

Mesmo quem escapar nesta hora  morrerá depois de uma doença horrível. Em nenhuma dessas cidades atingidas pelas forças da natureza a população vivia de acordo com as leis de Deus. Um poderoso vento subirá ao norte carregando uma névoa pesada e um pó mais denso que vai encher olhos e gargantas das pessoas, as quais serão  golpeadas sem cessar.

profecia

Johannes Friede  (século XIII)

No século XX haverá guerras e fúria desmedida entre os povos, e isto durará muito tempo. Nações inteiras serão abandonadas e cidades esvaziadas de seus habitantes. Em muitos lugares a terra será deixada para trás e  acontecerão grandes matanças entre povos. A mão direita do mundo temerá a esquerda e o Norte prevalecerá sobre o Sul. Quando chegar o grande momento em que a humanidade tiver de enfrentar seu último julgamento, este será anunciado por marcantes alterações na natureza.

A mudança brusca entre frio e calor se tornará mais intensa e as tempestades terão efeitos catastróficos. Os terremotos destruirão grandes regiões e os mares invadirão as cidades baixas, mas nem tudo isso será resultado de causas naturais. A humanidade irá penetrar nas entranhas da Terra e chegará às nuvens lutando pela própria existência. Antes que os poderes de destruição tenham êxito na sua finalização, o universo será lançado em desordem e a idade moderna mergulhará nas trevas.

Quando as noites se encherem com intenso frio e os dias com menos calor uma nova vida começará na natureza. O calor irradiado pela luz do Sol estará minguando, e a humanidade se tornará consciente de que a luz solar está visivelmente mais fraca. Quando até mesmo a luz artificial deixar de prestar serviço, o grande evento nos céus estará perto.

prophecy

St. Vincent Ferrer (século XIV)

Um grande monarca e um Papa vão preceder o anticristo. As nações em guerra há quatro anos já terão se destruído. O Papa vai voar por cima do mar levando o sinal da redenção em sua testa. O grande monarca virá para restaurar a paz e o Papa  compartilhará a vitória. O Papa mudará a sua residência e a Igreja não será defendida por 25 meses ou mais. Durante todo esse tempo não haverá nenhum Papa em Roma.

Depois de muitas tribulações, será eleito um Papa dentre aqueles que sobreviveram às perseguições. Nos dias de paz que virão após a desolação das revoluções e guerras, antes do fim do mundo, os Cristãos se tornarão tão relaxados em sua religião que se recusarão a receber o sacramento da Crisma, dizendo: "É um sacramento desnecessário."

No final dos tempos, tiranos e povos hostis roubarão a Igreja e o Clero de todas as suas posses e isso irá afligi-los. Nesta época, o Papa e seus cardeais fugirão de Roma em circunstâncias trágicas, para um lugar onde sejam desconhecidos. O Papa terá uma morte cruel no seu exílio. Os sofrimentos da Igreja serão muito maiores do que em qualquer momento anterior da sua história.

profecia

Maria Laach (século XVI)

O século XX trará morte e destruição, a apostasia da Igreja, a discórdia nas famílias, nas cidades e governos. Será o século das três grandes guerras, com intervalos de algumas décadas. Elas se tornarão cada vez mais devastadoras e sangrentas, colocando em ruínas não só a Alemanha mas finalmente todos os países do Oriente e do Ocidente.

Depois de uma terrível derrota da Alemanha acontecerá a próxima grande guerra. Não haverá nenhum pão para as pessoas e nenhuma forragem para os animais. Nuvens venenosas, fabricadas por mãos humanas, invadirão e exterminarão tudo. A mente humana será tomada pela insanidade. O quinto período da Igreja, que começou por volta de 1520, terminará com a chegada do Papa.

O quinto período é de aflição, desolação, humilhação e pobreza para a Igreja. Deus vai purificar seu povo através de guerras cruéis, fome, pragas, epidemias e outras calamidades horríveis. A Igreja enfraquecerá e se envolverá com muitas heresias.

Será um período de deserções, calamidades e extermínios. Os Cristãos que sobreviverem à morte pela espada, doenças e fome, serão apenas alguns na Terra. Durante este período muitos homens abusarão da liberdade de consciência. É de tais homens que o Apóstolo falou: "Estes homens blasfemam para tudo o que não entendem e corrompem tudo o que sabem, como os animais irracionais fazem".

Eles ridicularizarão a simplicidade Cristã, chamando-a de loucura e absurdo, mas terão o maior respeito pelos conhecimentos avançados. Os preceitos da moralidade, os sagrados cânones e dogmas religiosos serão assombrados por perguntas sem sentido e argumentos elaborados.

Será um século cheio de perigos e calamidades. A heresia estará em toda parte e seus seguidores em quase todos os lugares. Hereges e tiranos virão de repente e inesperadamente. Eles entrarão na Itália, no Vaticano, e queimarão Igrejas destruindo tudo.

prophecy

Santa Anna-Maria Taigi  (século XVII)

Santa Anna nasceu em Siena, Itália, em 29 de maio de 1769 e morreu em Roma, no dia 9 de junho de 1837.  Desde os seus 20 anos até o dia de sua morte, aos 63 anos, ela foi acompanhada por uma luz misteriosa pela qual via eventos do passado, presente e futuro. Foi elogiada pelo Papa Benedito XV na sua beatificação, em 20 de maio de 1920. Entrava frequentemente em êxtase, produzindo milagres de cura, predizendo mortes e a vinda de eventos futuros.

Previu as duas primeiras guerras mundiais deste século. Seu corpo permanece incorrupto, em estado de preservação perfeita. Esta é a sua profecia sobre os três dias de escuridão: "Deus enviará duas punições, uma será na forma de guerras e revoluções, devendo se originar na Terra. A outra será enviada do Céu e imergirá a Terra numa intensa escuridão, com duração de três dias e três noites. Nada poderá ser avistado e o ar estará carregado com pestilência. Será impossível usar qualquer iluminação artificial durante esta escuridão, exceto as velas abençoadas.

Quem, por curiosidade, abrir a sua janela para olhar para fora ou deixar a sua casa, vai cair morto no local. Durante esses três dias, as pessoas devem permanecer em suas casas, rezar o Rosário e pedir a misericórdia de Deus. Todos os inimigos da Igreja, sejam conhecidos ou desconhecidos, perecerão sobre toda a Terra durante essa escuridão universal, com exceção de alguns a quem Deus converterá em breve. Os locais estarão infestados por demônios que aparecerão sob todos os tipos de formas horríveis.

Estes construirão uma igreja grande, singular e extravagante, para abraçar a todos os credos numa verdadeira comunhão do profano. Tudo isso resultará em muitas coisas más. No lugar de um altar, só abominação e desolação. Assim será a nova igreja, e Deus será concebido de outra forma. Foi por isso que atearam fogo ao antigo. Os Cristãos serão perseguidos e massacrados. As Igrejas Cristãs serão fechadas, mas apenas por um curto período de tempo. O Santo Padre será obrigado a deixar Roma".


0 comentários:

Post a Comment