25 March 2013

A PROFECIA DO SALMO 83:1 - CÂNTICO DE ASAFE - PROPHECY PSALM 83:1 - ASAFE'S SONG - 1ª PARTE

Salmo-83

A história dos instrumentos musicais pode ser rastreada por toda a Bíblia. O primeiro instrumento de música, a harpa ou kinnor, em hebraico, foi inventado por um homem chamado Jubal. Alguns foram feitos com uma parte de prata e outros da madeira do abeto.

O kinnor representa toda a classe de instrumentos de cordas e foi usado como acompanhamento das canções de alegria e como louvor a Deus. Outros instrumentos foram feitos mais tarde por David e Salomão. O uso de instrumentos musicais na adoração pode ser visto tanto no Antigo como no Novo Testamento.

O favorito de David, a harpa ou lira, é citado mais de cinquenta vezes na Bíblia e estava entre os principais instrumentos usados. Além deste, outro instrumento citado trinta vezes nas Escrituras era o saltério. Este tinha doze cordas e não era tocado com a mão mas sim com uma palheta. Parecia uma guitarra, mas de forma triangular, plano e amarrado de lado a lado. Outro instrumento semelhante era o alaúde, que tinha um grande corpo em forma de pera, pescoço comprido e trastes no braço com parafusos de cabeça para a afinação.

Entre os instrumentos de sopro usados no período bíblico temos a corneta, a gaita de foles, a flauta, o chifre de carneiro e trompete. Havia também trombetas de prata e oboé duplo. Entre os instrumentos de percussão eram usado os sinos, címbalos, sistrum, tamboril, tambores de mão e pandeiros.

O adufe ou pandeiro, era popular no uso com a dança para celebrar vitórias militares. A trombeta tinha múltiplos usos. Para proclamar dias de festa, reunir uma assembléia, soar um alarme para a batalha contra o inimigo e para anunciar a chegada de um novo rei.  A harpa e o oboé foram usados ​​durante as alegres festas seculares. O oboé também era tocado durante as cerimônias fúnebres.

Salmo-83

Ao longo dos séculos, os meninos pastores de Israel usaram suas flautas simples, feitas de junco, durante o pastoreio de seus rebanhos. Sem dúvida a experiência musical de David começou com este instrumento, enquanto cuidava do rebanho da família. Mas além de tocar a flauta, o jovem David tornou-se famoso por sua capacidade de usar o que a Bíblia chama de harpa.

O instrumento não era grande o suficiente para ser como o que hoje chamamos de harpa. Seria mais adequado chamá-lo de lira. Era realmente uma forma modificada de harpa, sendo portátil e com a caixa de som formando a base do mesmo. Quando os servos de Saul foram procurar alguém que soubesse usar este instrumento com habilidade, um de seus membros disse: "Eu vi um filho de Jessé, o belemita, que o domina muito bem".

Assim, David veio  tocar músicas para o rei Saul, para animá-lo quando teve um dos seus ataques de tristeza. Desde então, David tornou-se um inventor de instrumentos musicais e originador de vários deles. Nas Escrituras, Mateus relata: "Certa feita, Jesus entrou na casa onde a filha do governante tinha morrido, e Ele viu os menestréis".

Os menestréis eram os afamados tocadores de flauta. No Oriente, até hoje, flautistas profissionais são chamados para expressar, por meio destes instrumentos, a tristeza e o luto pela perda de um falecido.

Salmo-83

Segundo a Bíblia, Asafe, filho de Berequias, foi um proeminente músico na sua época e também um levita consagrado a este ministério. O ministério da música dos levitas foi instituído por David. Foi nesse dia que David deu pela primeira vez a Asafe e seus colegas levitas, a responsabilidade de cantarem louvores a Deus

Era um ministério permanente, e o rei David reponsabilizou-os como encarregados permanentes da adoração, que era feita no lugar onde a Arca da Aliança havia sido colocada. Eles deviam cumprir ali os seus deveres todos os dias. Asafe não era só um mero musicista, mas um dos principais levitas.

Cantor e compositor, Asafe era um músico instrumentista que servia a Deus junto com Jedutum e Hemã, seus companheiros de música. As Crônicas informam que ele também serviu a Deus como profeta no reinado de David. Na ocasião do episódio do transporte da Arca da casa de Obede-Edom para a tenda armada por David, a fidelidade de Asafe motivou o rei a promovê-lo a ministro da música.

Seus instrumentos preferidos eram a harpa, o alaúde e o címbalo. Junto com quatro mil levitas, Asafe louvava continuamente ao Senhor, agradecendo a bondade de Deus para com Israel. Liderou um grupo de 288 mestres da música, aos quais chamava seus filhos. Escreveu, junto com eles, doze dos 150 salmos contidos na Bíblia.

A PROFECIA DO SALMO 83:1 - 2ª PARTE

JESUS CRISTO NÃO ERA JUDEU


0 comentários:

Post a Comment