10 January 2014

2016, O INÍCIO DA ERA GLACIAL - 2016, THE BEGINNING OF THE ICE AGE


GLACIAL-AGE-2014

O início de uma Nova Era Glacial em 2016 deveria ser anunciado como a maior história do século, porém só está sendo divulgado em particular, entre os climatologistas e cosmólogos. Nada foi revelado pela mídia dominante, esmerada em vender a falsa teoria do aquecimento global.

De acordo com os cientistas, com base nas nas leituras de mais de 30.000 estações de medição, a Terra não se aqueceu nos últimos 15 anos. Pelo contrário, estamos caminhando para uma Nova Era Glacial. Estes dados foram divulgados no final de 2013, sem alarde, pela "Climate Research Unit" da University of East Anglia em Norwich, Inglaterra, que confirmou que a tendência de aumento das temperaturas mundiais terminaram em 1997.

As variações de longo prazo na quantidade de energia solar que atinge a Terra são a principal causa da condução e definição de todo o mecanismo de mudanças climáticas, como o aquecimento global e os períodos glaciais. A irradiância solar é o principal fator das variações climáticas na Terra e não o dióxido de carbono. Geo-climatologistas e pesquisadores concluíram que entraremos numa Nova Era Glacial, ou seja, a temperatura global flutuará e torna-se-á instável, tendendo perigosamente para o frio extremo.

O Sol encontra-se no ciclo do mínimo solar, exatamente como o Mínimo de Maunder, o período de baixa atividade solar entre 1645 e 1715. A resposta da ciência ao estudar o atual ciclo solar é que entraremos em uma Pequena Era Glacial que pode durar de 60 a 100 anos.

GLACIAL-AGE-2014

O astrônomo inglês Walter Maunder foi quem percebeu que as manchas solares eram praticamente ausentes no período de frio intenso entre 1645-1715. Esse período coincidiu com o início da Pequena Era Glacial, por volta de 1650, estendendo-se até perto de 1900. No último mínimo solar, a América do Norte e a Europa sofreram muito neste evento que estendeu-se por mais de 200 anos.

Nesta época, o rio Tâmisa, em Londres, congelou e a América do Norte suportou invernos terríveis. Entre 1645 e 1850 aconteceram muitas quebras de safra, mortes, surtos de fome e migrações em massa. As culturas tornaram-se impraticáveis e pessoas morreram de fome.

O ano de 1816 ficou conhecido como o ano sem verão, pois nevou no Nordeste dos EUA praticamente durante todas as estações do ano. A grande tempestade de 1888 foi responsável por um acúmulo de 20 metros de neve na cidade de Nova York, obrigando os moradores a entrarem e saírem das suas residências a partir de janelas do terceiro andar!

Durante a Guerra da Independência dos Estados Unidos, tem-se registros de soldados britânicos arrastando canhões pesados ​​através do gelo espesso em Staten Island e no Brooklyn. Os portos em Boston, Nova York, Baltimore, Filadélfia congelaram e foram fechados.

GLACIAL-AGE-2014

De acordo com a previsão dos cientistas russos Rauf Galiulin e Vladimir Bashkin, do Instituto Gazprom Vniigaz, a Terra vai entrar numa fase de diminuição gradual da temperatura, que deve atingir seu ápice em 50 anos. Estes pesquisadores afirmaram que, ao contrário das teorias relacionadas com o aquecimento global, a ação humana tem pouca ou nenhuma influência no clima da Terra.

Eles confirmaram o já conhecido conceito de que a variação de temperatura está associada aos ciclos da atividade solar, e que esta está passando por uma redução drástica. Concluiram que o congelamento deve começar em 2016, com uma temperatura baixa mas não tão acentuada. No entanto, depois de algumas décadas, a queda será mais ativa e perceptível, completaram os cientistas.

O IPCC, Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, confessou que a sua posição sobre o aquecimento global estava incorreta, pois baseou-se apenas em modelos matemáticos e os resultados apresentados desconsideraram a atividade solar. Depois desta confissão os alarmistas do aquecimento global passaram a se esconder porque perderam toda a credibilidade.

Mesmo assim a farsa continua, de uma forma mais agressiva. O IPCC suprimiu o relatório final dos seus próprios cientistas detalhando como incorreto o atual modelo climático da ONU, porque ocultou o fato de que o aquecimento global estacionou durante os últimos 15 anos. Assim, os políticos descarados e oportunistas removeram do documento oficial esta constatação constrangedora e ameaçadora para seus negócios.

ERA-GLACIAL-2014

Com a devida desfaçatez, o fracasso das previsões incorretas não levou a nenhuma retratação sobre a manipulação do aquecimento global. Pelo contrário, foi recomendado que até 2020 os países ricos do mundo devem transferir US$ 100 bilhões por ano para as nações mais pobres, para "mitigar" o mal que estas vão sofrer com o aquecimento global que, supostamente, outros países foram responsáveis.

Esta é a verdadeira face do falacioso aquecimento global, que tem pouco ou nada a ver com o clima: a imposição de uma redistribuição de riqueza por indivíduos cujas ideologias são basicamente neo-socialistas. Mesmo desmascarada, a agenda da mudança climática continua se movendo para a frente.

O mundo já gasta mais de US$ 250 bilhões por ano no combate ao aquecimento global, mas os ambientalistas querem mais. Os ativistas exigem o que eles chamam de "justiça climática" das nações desenvolvidas. Mas o que eles realmente querem é roubar milhões em causa própria.

Os céticos quanto à veracidade do aquecimento global têm sido censurados, enquanto que os matadores de Cristãos, negadores do Holocausto e molestadores de crianças são aplaudidos por esta corja maldita. O apregoado aquecimento global tornou-se um movimento político e ideológico para os climatologistas e ambientalistas de plantão, assim como mais uma maneira pela qual os líderes mundiais controlarão as economias e populações.

GLACIAL-AGE-2014

Os fanáticos do aquecimento global agora utilizam qualquer extremo climático, seja calor ou frio, seco ou molhado, com ou sem tempestade, os furacões, ciclones, tsunamis, etc, para tentar validar suas teorias falhas. Até "cientistas" se unem para sufocar a dissidência, todos de olho nos milhões de dólares pagos para as bolsas de investigação do falso aquecimento.

Mas esquecem que, para salvar o mundo, a sua ótica condenará os pobres, ou seja, mais de um bilhão de pessoas que não têm acesso à eletricidade. A eletricidade barata obtida a partir do carvão poderia ser a salvação dos pobres, mas os países ricos não querem que eles utilizem o carvão em nome da "salvação do planeta", uma falsa crise e montagem ambientalista cuja evidência é inexistente.

O pior de tudo é que esta redistribuição de riqueza, através do pretexto do aquecimento global, não vai passar do rico para o pobre, mas do setor privado para o setor público, da propriedade privada e dos capitalistas para os socialistas que controlam os governos e estão ansiosos para tomar o controle sobre tudo.

Um desses socialistas é o presidente Hussein Obama, cuja Agência de Proteção Ambiental (EPA) agora está desafiando a votação do Senado, controlado pelos democratas dos EUA, mas que se recusou a conceder poder ilimitado para a EPA regular os chamados gases do efeito estufa como se eles fossem toxinas ambientais.

ERA-GLACIAL-2014

A partir deste poder, os governos serão capazes de controlar todos os aspectos das nossas vidas pois, segundo eles, somos os responsáveis pelo aquecimento global. Eles terão poder ditatorial sobre nossa maneira de viver, nossos hábitos, gastos, famílias e nosso corpo, porque cada expiração emite um gás do efeito estufa, o dióxido de carbono, um subproduto dos processos biológicos que nos mantêm vivos.

Esses ambientalistas extremistas e ideológicos marxistas não estão dispostos a reconhecer que nós somos parte da natureza, assim como qualquer outro ser vivente na Terra.

A humanidade passou grande parte de sua comovente história nas Eras Interglaciais, nos curtos períodos de tempo. As Eras Glaciais são uma norma do nosso planeta Terra e os intervalos aquecidos, onde a civilização prospera, duram apenas cerca de 12.000 anos. Estamos chegando ao fim de um desses períodos quentes e uma mudança para um clima mais frio é iminente.

Alguns cientistas especulam que este período frio poderá durar apenas 100 anos, enquanto outros acham que pode durar tanto quanto 100.000 anos. Mesmo que demore décadas até que o frio seja insuportável para nós, a nossa produção de alimentos já terá se extinguido muito antes disso.

ERA-GLACIAL-2014

Há tantos perigos que é difícil manter-se saudável hoje em dia e ainda mais difícil preparar-se para todos eles. Uma das primeiras coisas que se deve fazer nestes momentos é identificar as ameaças e determinar um curso de ação para permanecer seguro. Mesmo sem os preparativos necessários, saber quais são os desafios dará uma vantagem quando as coisas começarem a desmoronar.

Uma mudança global como a Era Glacial afundará a humanidade em desespero, pois perderemos tudo que amamos e por que lutamos. Mantenham-se calmos e focados no futuro, pois Deus nos ajudará e orientará no devido tempo.

2 comentários:

Anonymous said...

As temperaturas elevadas na Terra este ano é um prenúncio da chegada da era glacial, porque esta mesma situação ocorre quando temos a chegada de uma frente fria, que é sempre precedida por altas temperaturas.

Anonymous said...

Ainda insistem no aquecimento global!

Post a Comment