20 November 2015

A IMIGRAÇÃO ISLÂMICA E O ISIS AFUNDARÃO O MUNDO NO CAOS - ISLAMIC IMMIGRATION AND ISIS WILL SINK THE WORLD IN CHAOS


ISIS-ISLAMIC-IMMIGRATION

O islamismo planeja destruir a civilização ocidental disseminando o radicalismo desta organização sociopolítica. O crescimento do islamismo no mundo não foi conseguido pela conversão e sim pelo nascimento de novos adeptos.  A expressiva taxa de natalidade dos muçulmanos, sete vezes maior que a média ocidental, garante sua preponderância sobre as populações sujeitas à ocupação islâmica.

Mantidos os atuais níveis de imigração (ou invasão) dos muçulmanos, os europeus serão uma minoria nos seus próprios países dentro de poucas décadas. O baixo índice da taxa de natalidade dos europeus, menos de dois filhos por casal, não permite manter o crescimento estável da população nativa. Por outro lado, um muçulmano pode possuir quatro mulheres e um número indeterminado de escravas sexuais!

Se você ainda não está convencido do perigo que representa a migração avassaladora de muçulmanos para o Ocidente, saiba que os estupradores, criminosos e terroristas de plantão infiltraram-se neste êxodo. Dados oficiais revelam que 10.000 jihadistas do ISIS, veteranos do holocausto na Síria, Iraque e Iêmen, aproveitaram a ausência dos controles fronteiriços para voltar ou entrar pela primeira vez nos países do Leste Europeu.

ISIS-ISLAMIC-IMMIGRATION

Durante a revista destes imigrantes considerados jihadistas do ISIS ou da Al Qaeda, foram descobertos iPhones, cartões ATM (caixa automático), vários passaportes e dinheiro vivo ($5.000 dólares/média), o que dificilmente estaria na posse de legítimos refugiados da guerra. Estes terroristas vão zombar dos hipócritas líderes esquerdistas que acolheram este flagelo sub-humano que transformará a União Europeia num Terceiro Mundo islâmico. Literalmente um buraco do inferno!

Uma recente pesquisa da polícia sueca revelou que os milhares de muçulmanos residentes no país, que constituem apenas 2% da população nativa, são responsáveis por 80% dos estupros da nação, tornando a outrora pacífica Suécia detentora do título de país com a segunda maior taxa de estupros do mundo, só perdendo para a África do Sul. Nos enclaves islâmicos suecos os agentes públicos são recebidos a tiros, assim o governo considera estas áreas como "no man's land".

A estratégia islâmica consiste em incentivar a imigração em massa de muçulmanos para o Ocidente, a ocupação de territórios nas cidades invadidas e a consequente formação dos enclaves islâmicos para, posteriormente, promover o casamento de muçulmanos com mulheres ocidentais. Os perpetradores do plano já foram instruídos a procriar de forma intensiva, criando uma prole de novos muçulmanos, para depois requerer o divórcio, repetindo o processo ad infinitum.

ISIS-ISLAMIC-IMMIGRATION

A segunda parte da estratégia consiste na construção de mesquitas nos países-alvo. Atualmente, as milhares de mesquitas erguidas nos EUA, França, Reino Unido e outras nações europeias superam a quantidade de Igrejas Cristãs construídas em toda a história humana. Os muçulmanos acham que os ocidentais são fracos: "Eles não conseguem ter filhos e não praticam sua fé. São facilmente conquistáveis!" apregoam os mulás da lei corânica, que também consideram que os Cristãos estão engajados numa "Nova Cruzada", e se borram de medo!

Mas se não houver resistência dos Cristãos, ainda protegidos pelos braços fortes da ciência e da milenar cultura ocidental, a civilização ruirá e será substituída pela Era do Obscurantismo. Para proteger os últimos Cristãos do Oriente Médio devemos vencer a guerra contra o ISIS (Islamic State of Iraq and Syria). A imigração em massa para a Europa facilitou o caminho para que as organizações fundamentalistas terminassem sua tarefa de torturar e exterminar os Cristãos.

Um Oriente Médio sem o Cristianismo não terá identidade ou valor, pois é o local histórico onde Jesus Cristo viveu. Foi naquelas terras áridas onde Jesus proclamou o Evangelho que se espalhou pelo mundo, centenas de anos antes do surgimento de Maomé. Mas este não veio para fazer o bem ou trazer a paz como ensinou Jesus! Maomé formou um exército de matadores atraídos por um deus que sancionava a pilhagem, o estupro e a escravização de mulheres e crianças como simples despojos da guerra.

ISIS-IMIGRACAO-ISLAMICA

O grupo terrorista ISIS conta com um número inexpressivo de combatentes e não dispõe de armas adequadas para uma guerra contra as potências militares: só podem atingir efetivamente uma nação ocidental através de atos terroristas esporádicos. Assim, limitam-se a criar convulsões locais no Oriente Médio através dos atentados, subjugando a população inocente através de ameaças e da tortura explícita e amoral, como as decapitações. É uma forma tacanha, maldosa e extremamente covarde de os terroristas expressarem seus valores para inspirar os imitadores de plantão.

A maior parte do território conquistado pelo ISIS teve pouca oposição da população local, que os considerou um trunfo contra a civilização ocidental. "Foi psicologicamente agradável apoiá-los e não havia qualquer consequência negativa", imaginavam. Mas agora terão de lidar com intensos bombardeios, assim como uma premente invasão terrestre e a inevitável ocupação dos espaços pelos aliados: Rússia, Síria, Kurdistão e Turquia. Os países que compõe a OTAN também se envolverão nesta estratégia de reconquista!

Os ataques aéreos infligem severos danos à infraestrutura precária do ISIS, mas são estrategicamente ineficientes para vencer uma guerra. A batalha principal deve acontecer em campo, "Feet On The Ground", com forças terrestres convencionais apoiadas pelas nações do Oriente Médio contrárias à dominação do ISIS. A campanha terrestre precisa ser liderada pelos exércitos ocidentais de primeiro nível, contando com a colaboração logística e o contingente militar das nações vizinhas do Iraque para que mantenham as fronteiras fechadas e impeçam que os terroristas escapem quando forem acuados e destruídos.

ISIS-IMIGRACAO-ISLAMICA

"Eis que venho em breve! A minha recompensa está comigo, e eu retribuirei a cada um de acordo com o que fez. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim. Felizes os que lavam as suas vestes, e assim têm direito à árvore da vida e podem entrar na cidade pelas portas. Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira. Eu, Jesus, enviei o meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às Igrejas. Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã". (Apocalipse 22:12-16)


1 comentários:

Zé Pitaco said...

Isso nos trouxeram os bandidos aliados comunistas e "democratas" desde 1945!

Post a Comment